Cursos & Concursos

Foto: Divulgação

Pesquisadores da Universidade de Aveiro, de Portugal, ministram ao longo da próxima semana um curso sobre ecotoxicologia aos alunos da Pós-Graduação em Produção Vegetal do Campus de Gurupi da Universidade Federal do Tocantins (UFT). O curso, com duração de 40 horas, é segunda atividade de um projeto realizado em parceria pelas duas instituições com foco na qualidade da água de bacias tocantinenses sujeitas à pressão agrícola. 

Chamado "Ensaios ecotoxicológicos com espécies nativas de macroinvertebrados para biomonitorização do estado ecológico dos ecossistemas de água doce do estado do Tocantins: Análise de risco de sistemas sujeitos a pressão agrícola", o projeto teve início em dezembro de 2013 e foi um dos contemplados pelo Programa Ciência sem Fronteiras (CsF) na modalidade Pesquisador Visitante Especial (PVE).

A atividade de biomonitoramento terá duração de três anos, e durante esse período o pesquisador o professor da Universidade de Aveiro, Amadeu Soares, bolsista contemplado pelo PVE, fará visitas periódicas ao estado para o desenvolvimento dos trabalhos. Ele também irá co-orientar pesquisas de mestrado e doutorado na UFT.

Segundo o professor coordenador da pesquisa na UFT, Renato Sarmento, a próxima etapa do projeto é o inicio da pesquisa em laboratório e em campo. A atividade será realizada nos principais afluentes dos rios Tocantins e Araguaia próximos a áreas de produção de culturas agrícolas como soja, milho, melancia e arroz. 

Os pesquisadores Amadeu Soares, João Pestana, Isabel Lopes e Suzana Loureiro, da Universidade de Aveiro, foram recebidos no gabinete da vice-reitoria para discutir as atividades do projeto. De acordo com o diretor do Câmpus de Gurupi, Eduardo Erasmo, a parceria vai proporcionar a troca de experiências e enriquecer as pesquisas na área, além de proporcionar uma abertura para o intercâmbio de estudantes.

Por: Redação

Tags: Amadeu Soares, Gurupi, Renato Sarmento, UFT