Polí­tica

Foto: Divulgação

Em comemoração ao 11º aniversário da Academia de Letras de Araguaína e Norte Tocantinense (Acalanto), na última semana a cerimônia de posse de 23 novos membros nas categorias adulto, juvenil e mirim. O evento ocorreu na sede da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em Araguaína, e contou com a presença de acadêmicos, familiares e convidados, entre eles o novo integrante da Academia, deputado federal César Halum (PRB).

O parlamentar foi indicado pela Acalanto por conta da publicação de três obras literárias: Municípios Tocantinenses, suas origens, seu nomes (2008), que conta a história do nascimento de cada município, a partir de documentos e relatos orais de moradores, Leis Ambientais do Tocantins (2009), que reúne a legislação ambiental no Estado e A Verdade sobre o Tocantins (2011), que foi publicada com o objetivo de informar a população tocantinense sobre a realidade do Tocantins no que se refere a todos os indicadores econômicos e sociais e situando o Estado em relação às demais unidades da federação.

O presidente em exercício, Edson Gallo, elogiou a atuação de César Halum em seu discurso. “O deputado, além de ter sido autor de três grandes obras, que enobreceram a literatura tocantinense, tem história e vida em Araguaína, prestando relevantes serviços a essa região e a todo Tocantins”.

César Halum agradeceu o prestígio. “Sinto-me honrado com esse ingresso na Academia, embora reconheça que a aprovação do meu nome foi mais generosidade do que merecimento. Continuarei com o meu trabalho de promover com afinco a cultura popular tocantinense”, concluiu.