Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual Wanderlei Barbosa (SD) é o novo vice-presidente pelo Brasil, da União de Parlamentares Sul Americanos e do Mercosul – UPM, juntamente com o deputado Kennedy Nunes, de Santa Catarina.  Como presidente foi eleita a deputada argentina Maria Elena Torresi. Os novos membros tomam posse em Ushuaia, na Argentina no próximo dia 28 de maio. A eleição da nova diretoria da UPM foi realizada no último dia 6, durante Assembleia Geral, em Brasília, paralelo a XVIII Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais. 

Para o deputado Wanderlei Barbosa, a participação do Tocantins dentro dos debates da União de Parlamentares Sul Americanos e do Mercosul é de fundamental importância. “O Tocantins é um Estado novo, e precisa estar presente nas discussões que envolvem outras regiões do país e outras nações. O resultado de todo o trabalho realizado pela UPM não é em curto prazo, pois precisa do envolvimento dos governantes, mas acontecem, devido às discussões feitas pelos legisladores brasileiros”, destacou o deputado Wanderlei Barbosa.  

Dentro da UPM, o deputado Wanderlei também é presidente do fórum permanente de discussões educacionais, criado para debater assuntos que envolvem estudantes brasileiros no exterior.

UPM

A União de Parlamentares Sul Americanos e do Mercosul, é uma entidade criada em 1999 congrega parlamentares estaduais e regionais da Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela, além do Chile. Foi reconhecida pelo Parlamento do Mercosul como entidade oficial de representação dos parlamentares regionais dos países membros. Luta por um mercado comum no Mercosul, como na União Europeia, além da União, tanto no aspecto político como social entre os países sul-americanos.