Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu em Gurupi/TO, no Km 663 da rodovia BR-153, às 20h40min, durante fiscalização de rotina, foi abordado o veículo Scania/CMA Cometa de placas de Goiás, supostamente pertencente a empresa F. A. G. H – ME de Goiás, conduzido por A. H. C., que saiu de Brasília/DF com destino a Coelho Neto/MA, transportando 45 passageiros de diversas origens. Durante a conferência veicular, os agentes da PRF notaram divergências entre elementos de identificação do veículo e o anotado no Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos – CRLV apresentado.

De posse do chassi original os policiais cruzaram as informações e constataram o que o veículo apreendido pertence a empresa I. T. T. Ltda, com placas de Formosa/GO, pertencente a mesma família, havendo restrição judicial para o referido veículo. A adulteração do chassi possivelmente tenha sido feita para acobertar essa medida judicial de forma a evitar a apreensão do ônibus.

As duas empresas envolvidas na ocorrência, uma pertence ao filho e a outra à ex-mulher do condutor do ônibus apreendido.

A PRF, em cumprimento a legislação vigente, concedeu duas horas para que os responsáveis pelo ônibus reembarcassem os passageiros rumo aos seus destinos. Um ônibus de Gurupi foi locado para o executar o transporte.

A ocorrência foi apresentada à Central de Flagrantes na cidade de  Gurupi.