Polí­tica

Foto: Divulgação

A ordem de serviço para a elaboração do projeto de construção do hospital da Universidade Federal do Tocantins (UFT) será assinada na próxima segunda, 19. O evento de assinatura da OS terá a presença do Ministro da Educação, José Henrique Paim, o governador Sandoval Cardoso, e a deputada Professora Dorinha (Democratas/TO), a partir das 10 horas, na UFT, quando também haverá a inauguração do restaurante universitário, e às 10h30, na ACSUSO – 20, na Avenida Teotônio Segurado, próximo à Faculdade Católica.

A doação da área para a construção do hospital foi autorizada pelo Governo do Estado através da Lei 2.657/12 e o decreto 4.899 publicado em 30 de setembro do ano passado. De acordo com as publicações, o Estado doou um lote de terras para construção urbana de número 1, da Quadra ACSUSO-20, Conjunto 2, do Loteamento de Palmas, com área de 54.254,00 m2, sendo: 41 m com a Avenida LO-5, mais 53,00 m com a Avenida NS-1, mais 118,00 m com a Avenida LO-5, mais 53,00 m com a Rua NSA, mais 41 m com a Avenida LO-5 de frente; 200 m de fundo com a Praça 01; 240 m do lado direito com a Avenida NS-01; 240,00 m do lado esquerdo com a Rua NSA.

A viabilização da construção do hospital universitário está sendo possível graças às duas emendas de bancada destinadas pela deputada Professora Dorinha nos anos de 2013 e 2014, nos valores de R,5 milhões e R,7 milhões respectivamente, totalizando R,2 milhões. O valor estimado do hospital universitário é na casa de R milhões.

O reitor da UFT Márcio da Silveira disse que as emendas de Dorinha contribuirão para a consolidação da universidade de um modo geral. "Esse recurso, além da construção do hospital, será para outras ações da universidade, como a criação de novos cursos até mesmo em outros campi e outras atividades que são muito importantes para os estudantes e para a instituição", afirmou.  

O hospital universitário tem o objetivo de proporcionar condições adequadas para o pleno funcionamento dos cursos na área de saúde, atendendo os estudantes de Enfermagem, Medicina, Nutrição, até mesmo Administração e outras afins, capacitando-os e com vias de atendimento à comunidade local.