Cultura

Foto: Divulgação

Criar uma cena com teatro, circo, dança e música ao vivo é a proposta do espetáculo Onda Encantada, da companhia Jalam, que será apresentado no dia 20 de maio, às 17h, na Praça dos Girassóis por meio do projeto Sesc Amazônia das Artes. 

Privilegiando a valorização dos elementos naturais, o espetáculo é realizado em ambientes abertos e com grande fluxo de pessoas. “O interessante é dirigir o olhar do público para a beleza do ambiente em que se encontra, criar um estado de contemplação”, explica a responsável pelo projeto, Tatiana Benone.

Onda Encantada é uma ação que explora o movimento do nível do corpo ainda no chão. O tecido acrobático promove a suspensão que alarga as fronteiras do espaço e relação com a gravidade, ampliando as possibilidades de dança.

A trilha sonora do espetáculo é original e foi criada por Gustavo Lemos (SP) durante a concepção do espetáculo para construir a ambientação sonora dos movimentos, sensações e imagens, sendo mixada ao vivo por Yash (Wagner Luna/PA) que também participa do jogo cênico, tornando-se mais um ser poético em questão.

Perfil

O Grupo Jalam nasceu com o projeto “Um solo para minha terra” que circulou com o espetáculo A Onda Encantada por sete cidades no Estado do Pará e Amapá em 2013, sendo contemplado pelo Prêmio Funarte Petrobras de Dança Klauss Vianna/2012. O espetáculo é aberto ao público e será apresentado no dia do aniversário de Palmas, 20 de maio, a partir das 17h, na Praça dos Girassóis. (Ascom Sesc)