Educação

Foto: Divulgação Na escola não tem energia e a iluminação fica por conta das velas Na escola não tem energia e a iluminação fica por conta das velas

A situação precária de uma escola do Tocantins foi noticiada pelo Jornal Bom Dia Brasil, na manhã desta segunda-feira, 19. Professor, merendeira e alunos da Escola Municipal Rural dos Matões, localizada em Conceição do Tocantins, passam por momentos difíceis na instituição, segundo a reportagem. Na escola falta energia, gás e principalmente transporte escolar que possibilitaria a volta dos alunos e educadores para suas casas que ficam distantes da instituição. Devido a esse maior problema, ambos moram no local durante a semana.

Leonildo das Neves, professor, disse morar cerca de 18 km de distância da instituição e afirmou que muitas vezes ir à cavalo ou ir a pé para a escola seria a solução. “Não tem transporte para a gente vir. Somos obrigados a ficar aqui durante a semana”, disse. Na escola também falta energia.

A higiene é comprometida e a merendeira tem que procurar gravetos, acender o fogo nas trempes e preparar o lanche dos estudantes segundo a reportagem. “Desde a semana passada que está sem gás”, disse uma merendeira da escola.

A situação foi denunciada pela Defensoria Pública do Tocantins que oficiará o município para que os problemas sejam solucionados. A situação da escola deixou os defensores horrorizados. “Nos deixou aterrorizados é uma situação de total abandono”, disse o defensor Hud Rubeiro.

A Secretaria Municipal de Educação de Conceição do Tocantins, Edmaria de Oliveira e Silva, afirmou que as medidas necessárias serão tomadas o mais rápido possível.