Estado

Foto: Wilson Rodrigues

O governador do Estado do Tocantins, Sandoval Cardoso, determinou ao secretário da Infraestrutura, Kaká Nogueira, que reinicie as obras do Estado no ecoporto de Praia Norte nos próximos dez dias. Cardoso também estabeleceu o prazo de 90 dias para que estas estejam concluídas. O secretário da Fazenda, Marcelo Olímpio, também foi acionado pelo chefe do Executivo para agilizar os procedimentos conjuntos do Tocantins e Amazonas, junto ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), para instalação de um entreposto da Zona Franca de Manaus em Praia Norte.

As decisões foram tomadas pelo governador Sandoval Cardoso durante audiência nesta sexta-feira, 23, com o presidente da Eurolatina (empresa que administra o ecoporto de Praia Norte), Klaus Weyand, com a diretora administrativa do empreendimento, Sandra Kramer, e o prefeito do município, Jader Pinheiro. Klaus Weyand informou ao governador que as licenças ambientais das obras estão regularizadas e que os empréstimos junto ao Banco da Amazônia e entidades internacionais estão aprovados. Com o término das obras concernentes ao Estado, a Eurolatina poderá cumprir o cronograma agendado com os agentes financeiros.

O prefeito de Praia Norte e os representantes do ecoporto demonstraram satisfação com a agilidade das decisões do governador e a certeza de que o empreendimento mudará completamente a economia da região. Segundo Klaus, barcaças para o transporte de soja através da hidrovia Araguaia Tocantins já estão sendo construídas e os contatos com os produtores da região, conhecida como Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), estão bem adiantadas, no sentido de escoar a soja ali plantada através do ecoporto.