Polí­cia

Em Palmeirópolis do Tocantins, a 458 km de Palmas, Francisca das Chagas de 35 anos está desaparecida há nove dias. Uma familiar que prefere não se identificar informou ao Conexão Tocantins nesta sexta-feira, 23, alguns detalhes do acontecido. Segundo suas informações, Francisca tem três filhos, de idades, 5 meses, 4 anos e 12 anos, e desapareceu junto com seu bebê de cinco meses. A criança de 12 anos está com o Conselho Tutelar do município e a de 4 anos com o marido da mulher desaparecida.

A filha de Francisca, de 12 anos, teria relatado que, ao chegar da escola, em sua residência, o quarto da mãe estava todo bagunçado e sem documentos da mãe. Ela teria procurado pela vizinhança mas, por não encontrar a mãe, no dia seguinte denunciou na delegacia.

O atual marido de Francisca foi preso por um dia e liberado por falta de provas segundo informações da família. "Não sei o que aconteceu, ligo na polícia e nada", diz a familiar.

Conselho Tutelar

Uma conselheira de Palmeirópolis, que também não quis se identificar, afirmou ao Conexão Tocantins que a criança de 12 anos está com a Assistência Social do município. Segundo ela, por não ser filha do atual marido da mulher desaparecida a Assistência Social está cuidando da criança até que tudo seja solucionado. Segundo a conselheira, a criança de 4 anos está com o homem, por ser o pai e por não ter provas que indiquem seu envolvimento no caso.

Delegado

O Conexão Tocantins entrou em contato com o delegado de Polícia Civil de Palmeirópolis, Elírio Button Junior, que passou a informação de que a bebê de cinco foi encontrado, mas que a mulher continua desaparecida. O delegado, entretanto, não quis esclarecer maiores detalhes sobre o caso para que, segundo ele, as investigações não sejam atrapalhadas.