Polí­cia

Foto: Divulgação

O pedido do deputado Jorge Frederico (SD) feito na sessão da Assembleia legislativa desta terça-feira, 27, para que o governo aumente o efetivo policial em Araguaína gerou uma discussão com o representante da categoria na Casa de Leis, o deputado Sargento Aragão (Pros) que reagiu ao pedido. “Pedir mais policial sabendo que não tem efetivo, isso não existe”, comentou Aragão que lembrou que faltam policiais.

“Esse negócio do deputado Aragão achar que é dono da polícia militar isso já passou. Eu conheço Araguaína, nasci e cresci lá. Vossa Excelência teve 1.600 votos lá e deveria defender isso também”, respondeu.  Frederico frisou ainda que Araguaína precisa do aumento do efetivo para combater a violência.

O deputado Stalin Bucar (SD) entrou na discussão e informou que o governo já pediu ao Comandante que coloque mais policiais para as ruas. “O governador está tomando providências para tirar os policiais que estão em gabinetes e colocar na rua. A intenção do governador é colocar a polícia na rua. O deputado Sargento Aragão e demais da oposição fiquem tranqüilos porque medidas no sentido de defender o cidadã já estão sendo tomadas”, garantiu.

Aragão respondeu Frederico “Ele já está fazendo proselitismo e dizendo que eu sou contra mais policiais em Araguaína. Sou a favor do aumento do efetivo e Vossa Excelencia votou contra. É uma farsa. Procure sua área porque não é nossa”, disse. O deputado disse ainda que o colega votou contra o aumento do cadastro reserva no Concurso da Polícia militar.

José Bonifácio (PR) sugeriu que os deputados se mobilizem para pedir ao governador Sandoval Cardoso (SD) que aumente o cadastro reserva para 2 mil policiais.

Também representante da região de Araguaína, o deputado Elenil da Penha disse que a cidade precisa de mais políticas de segurança pública." Que nós queremos em Araguaína são apenas os policiais que estão fazendo o curso no Batalhão", esclareceu.