Economia

Foto: Lucas Nascimento

As progressões dos servidores públicos do quadro da Educação foram pagas no último domingo, dia 31, na folha de maio. Inicialmente, o pagamento seria feito em seis parcelas, de agora até novembro, mas o governo do Estado decidiu creditar o benefício em parcela única. A medida adotada pela administração estadual beneficia mais de 3,7 mil profissionais efetivos da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc) em todo o Tocantins.

O governador Sandoval Cardoso disse que acredita "muito no Estado e espero que os servidores, que estão dando a sua colaboração com trabalho, tenham o mesmo sentimento que eu”, disse Sandoval.

Para a secretária de Estado da Educação e Cultura, Adriana Aguiar, a medida do governo do Estado demonstra compromisso com o funcionalismo público. “O pagamento em parcela única é sem dúvida um esforço financeiro que o governo está fazendo. Acredito que o servidor vai se sentir ainda mais valorizado”, disse ela.

Servidor

A assessora técnica Taniaely Marinho Lustosa, efetiva da Educação há 20 anos, disse que foi surpreendida com a medida do governo. “Eu fiquei surpresa e satisfeita porque nós já acreditávamos que seria pago em seis parcelas”, disse ela.

Taniaely trabalha na Subsecretaria da Educação Básica e Cultura da Seduc. Neste departamento, metade dos servidores receberam a progressão.  

Os pagamentos referem-se ao benefício de 2012 e beneficiam 3.706 servidores. O efetivo que tiver alguma dúvida deve entrar em contato com a Diretoria de Gestão de Pessoal da Seduc ou o setor de Recursos Humanos de uma das Diretorias Regionais de Gestão e Formação.

Data-base

Os 3,7 mil servidores com direito à progressão 2012 estão entre os 11,8 mil funcionários efetivos da Seduc beneficiados com o pagamento da data-base, que reajustou os salários em 10,808%.

Ao todo, cerca de 41 mil servidores efetivos de todos os órgãos da administração pública estadual estão sendo beneficiados com a data-base, cujo objetivo é promover a reposição de perdas inflacionárias no período de outubro de 2012 a abril deste ano. (Ascom Seduc)