Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual Osíres Damaso (DEM) indicou nesta terça-feira, 3, o deputado Ricardo Ayres como titular da Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI do Igeprev. O suplente indicado foi Jorge Frederico (SD). A indicação do nome para a CPI era o rito que faltava para o início dos trabalhos de investigação de possíveis desvios no órgão.

O próximo passo é escolher o presidente da Comissão que deve ser o autor do pedido da CPI, Sargento Aragão (Pros) e começar as reuniões. Além de Aragão ainda são membros da CPI, José Roberto Forzani do PT, Stalin Bucar e Wanderlei Barbosa, ambos do SD.

O deputado do governo Stalin Bucar indicou como seu suplente o deputado Amélio Cayres (SD) e voltou a falar sobre a CPI. “A bancada do governo está pronta para começar investigação, agora esperamos que os autores da proposta, que façamos uma CPI de verdade não com conotação política de campanha eleitoral e que seja uma CPI que venha mostrar o que realmente acontece no Igeprev do nosso Estado”, disse.

A CPI proposta por Aragão prevê um rombo de mais de R$ 300 milhões feitos nos cofres públicos. Entre ele está a liquidação extrajudicial da empresa Diferencial Corretora de Títulos e Valores, por parte do Banco Central.