Economia

Foto: Imagem ilustrativa

O Departamento Pró Direitos e Deveres nas Relações de Consumo – Procon Tocantins, ligado à Secretaria de Defesa Social (Seds), divulga pesquisas de preços de carnes e de produtos de primeira necessidade realizadas no comércio de Palmas, pela Equipe de Fiscalização, no mês de maio.

Em relação à carne bovina, a picanha com menor preço foi de R$ 26,98 o quilo, e maior preço de R$ 33,00, o quilo. O chambari foi a carne que apresentou maior variação de preço, oscilando entre o menor preço, de R$ 4,99 o quilo, para o maior preço, R$ 15,50. O quilo do frango inteiro também oscilou entre R$ 4,79, o menor preço, e R$ 8,00 o maior preço. 

A pesquisa também demonstrou que o menor preço do arroz – tipo 1, pacote com 5 quilos, foi R$ 8,39 e o maior preço, R$ 10,59. O preço do feijão carioquinha (pacote de 1kg) variou entre R$ 2,79 e R$ 3,49. O quilo do tomate também apresentou variação, oscilando entre R$ 3,28, o menor preço, e R$ 6,98, o maior preço. O pão francês, outro alimento comum na mesa do brasileiro, é oferecido ao consumidor, na Capital, com preços variando entre R$ 6,85 a até R$ 9,77. 

As pesquisas completas estão disponíveis no site: www.procon.to.gov.br.

O Procon lembra ao consumidor que queira entrar em contato com o órgão, que a ligação para o número 151 é gratuita e divulga o endereço dos Núcleos de Atendimento: Palmas (Centro – Qd.104 Sul Rua SE 09, lote 36 e Taquaralto – Rua 10, Qd.34,Lote 02, Sala 02), Gurupi (Av. Maranhão, nº 1225, Qd.44, Lote 01), Dianópolis (Rua Solimar Vieira, nº 195), Porto Nacional (Rua Bartolomeu Bueno, nº 2129), Guaraí (Rua 02, nº1349), Colinas do Tocantins (Av. Tocantins, nº 1668), Araguaína (Av. Paranaíba, nº 1743, Sala 02, Centro), Araguatins (Rua Álvares de Azevedo, nº 715) e Tocantinópolis (Av. Nossa Senhora de Fátima, nº 1327). (Ascom Seds)