Estado

Foto: Divulgação

Após uma semana a frente da Secretaria Estadual de Saúde, o secretário Luís Antônio Ferreira reuniu-se nesta terça-feira, 03, com representantes dos órgãos de controle: Ministério Público Estadual, Federal, Defensorias Pública Federal e Estadual para discutir e apresentar ações pontuais sobre a gestão de saúde do Estado.

Para Luís Antônio a gestão de saúde tem situações que necessitam de soluções imediatas e outras a longo prazo,  que garantam a manutenção dos serviços prestado à população. “Informamos que já foi regularizada a situação do Hospital e Maternidade Dona Regina, os 10 leitos de UTI Neonatal estão funcionando, e para ampliar este quantitativo o Governador Sandoval Cardoso já autorizou a contratação de mais profissionais médicos Neonatologista para a abertura de outros 10 leitos, aumentando a oferta de leitos em 50%” disse.

O procurador federal, Fabio Lola ressaltou que vários procedimentos judiciais foram instaurados para a regularização das compras de materiais e medicamentos para hospitais do Estado, e recebeu a garantia do Secretário que as compras serão regulares dentro da legalidade e o controle será feito com eficiência para não ocasionar perdas ou compras desnecessárias, inclusive com a adoção de sistemas informatizados que controle desde a entrada do medicamento no Estoque Regulado até a dispensação para o paciente nos hospitais.

Luís Antônio disse aos representantes dos órgãos de controle que o Ministério da Saúde firmou parceria para a implantação de sistema informatizado de controle de estoque de medicamentos na rede hospitalar do Estado. O Sistema Hórus do Ministério da Saúde já está sendo utilizado na Assistência Farmacêutico do Estado, podendo com ajustes necessários ser implantado e ampliado para atender a demanda da rede Estadual.

O Hórus – Sistema Nacional da Assistência Farmacêutica, é um software livre de gestão da assistência farmacêutica de acesso on-line implementado pelo Ministério da Saúde, que permite o controle e distribuição dos medicamentos disponíveis no Sistema Único de Saúde.

Outro ponto levantado na reunião foi a realização das cirurgias eletivas, com melhor aproveitamento do corpo clinico existentes nas Unidades

Por: Redação

Tags: Luis Antônio Ferreira