Saúde

Foto: Divulgação

Palmas está entre uma das cidades selecionadas para participar de um inquérito de soroprevalência do vírus da dengue entre seus habitantes. A pesquisa, que será realizada pelo Ministério da Saúde, em parceria com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) tem como finalidade definir os critérios de aplicação da vacina contra a doença.

Para a realização do inquérito, o Ministério da Saúde selecionou 63 cidades, sendo preciso que a cidade confirme interesse em participar da pesquisa que é uma etapa para a implantação da vacina, que ainda está em fase de elaboração e deverá ser disponibilizada em aproximadamente 05 anos.

De acordo com Diretor de Vigilância em Saúde, Whisllay Maciel Bastos, que fará a coordenação do Inquérito na Capital, a participação de Palmas será importante pois colocará a cidade em situação de vantagem quando da implantação da vacina. “Palmas atende aos critérios para participar dessa fase preparatória, e essa participação nos colocará à frente quando a vacina for concluída, uma vez que a vacinação será implantada por etapas”.

Inquérito

Bastos explica que o Inquérito será realizado pela Secretaria Municipal da Saúde, paralelamente à campanha de multivacinação, no período de 13 a 30 de setembro. Nessa etapa, serão coletados o sangue de 1.022 pessoas, de diversas faixas etárias.

O Inquérito será realizado por técnicos de laboratório contratado pelo Ministério da Saúde, sendo que a coleta será realizada em Unidades de Saúde de todas as regiões da cidade, e a participação deverá ser voluntária. Os resultados serão divulgados posteriormente pelo Ministério.

“A finalidade será identificar nesse universo de pesquisa se os voluntários já tiveram contato com o vírus da Dengue e qual a força de infecção do vírus”, ressalta Bastos. (Secom Palmas)