Polí­cia

Após trabalho investigativo, equipe de Policiais Civis da Delegacia de Cristalândia, sob o comando do Delegado Rafael Falcão, prendeu em flagrante delito, nesta última quinta-feira, 05, dois suspeitos pela prática do crime de tráfico de drogas, naquele município. A primeira prisão ocorreu por volta das 11h30min, após o recebimento de uma denúncia anônima informando a ocorrência do referido crime, em uma casa, localizada no Setor São Jorge.

De posse dessa informação, os Policiais se deslocaram até a residência e ao chegarem, visualizaram que do lado de fora da casa havia dois conhecidos usuários de droga da cidade e, no interior do imóvel estava a pessoa de Vandeon C. G., vulgo "Deon", de 31 anos de idade. Ao perceber a chegada da Polícia, o homem arremessou algumas porções de drogas pela janela, no entanto, após buscas, foram encontradas várias pedras de crack e uma porção de maconha, além de R$ 180,00 em seu poder, segundo a polícia.

O indivíduo estava em liberdade há apenas nove dias, pois cumpre pena por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, roubo e corrupção ativa na Cadeia Pública de Cristalândia

A segunda prisão ocorreu por volta das 17h30min, quando a DPC de Cristalândia recebeu mais uma denúncia anônima informando que outro conhecido traficante da cidade, Marcos F. dos S., vulgo "Marcão", de 30 anos de idade, estava vendendo drogas em frente a sua residência. Os Policiais foram até o local a fim de averiguar a denúncia e constatar a veracidade dos fatos.

Segundo a polícia, ao perceber a chegada da polícia, Marcos tentou empreender fuga e colocou diversas pedras de crack na boca, passando a mastigá-las e tentar engoli-las, no entanto, foi imobilizado e parte da droga foi recuperada com o auxílio de uma colher. Além da droga, também foi encontrado, em seu poder a quantia de R$ 380,00 em espécie. Assim como Vandeon, Marcos também já havia sido condenado anteriormente por tráfico de drogas na comarca.

Após os procedimentos ambos os acusado foram recolhidos a carceragem da Cadeia Pública de Cristalândia onde permanecerão a disposição do Poder Judiciário. (Ascom SSP)