Estado

Foto: Marcio Vieira

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram aumento no número de pessoas com carteira assinada no Brasil. No Tocantins, além do crescimento do emprego formal, foi registrado aumento no número de pessoas capacitadas pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine). 

Comparando-se os três primeiros meses deste ano com os mesmos meses de 2013, segundo o IBGE, houve um avanço de 1,6 ponto percentual no número de empregados do setor privado com carteira de trabalho assinada. No Tocantins, no mesmo período, foram realizadas mais de 1.500 novas admissões com carteira assinada, conforme dados do Caged. Analisando-se a diferença entre admissões e desligamentos, observa-se um acréscimo de cerca de 60% no número de empregos gerados no Estado.

A procura pelos cursos de qualificação ofertados pelo Sine também é crescente. No primeiro quadrimestre deste ano já foram capacitados 1019 pessoas, enquanto no mesmo período de 2013, foram capacitadas 478, representando um aumento de 53,09%.

Diego Souza, 19 anos, está buscando o seu primeiro emprego e se cadastrou no curso de Língua Portuguesa e Redação Oficial ofertado pelo Sine de Palmas. “Eu me inscrevi no curso porque acredito que ele poderá me ajudar tanto pra conseguir o meu primeiro emprego como para passar em vestibular ou concursos. Estou amando o curso. Nunca tinha aprendido português como estou aprendendo agora”, comentou.

A coordenadora de Qualificação do Sine de Palmas, Sônia Maria da Luz, informou que o aumento da procura pelos cursos e do numero de admissões realizadas está intimamente ligado. “A capacitação é uma das ferramentas utilizadas pelo Sine e ela agrega valor aos trabalhadores e lhes possibilita qualificação profissional, facilitando seu acesso ao mercado de trabalho formal”, afirmou.

Outra aluna do curso de Língua Portuguesa e Redação Oficial, Jasmilene da Silva já conquistou uma vaga em um curso superior e disse sentir que está mais perto do mercado de trabalho. “O curso de português é fundamental para a vida e para saber se comunicar melhor e, com certeza, me ajudará a conseguir um emprego, assim como me ajudou a passar no vestibular”, garantiu.

A coordenadora de Qualificação do Sine também destacou que o trabalhador deve se valorizar e buscar conhecimento para atender as exigências do mercado. “Sabemos que o mercado de trabalho busca profissionais qualificados e o trabalhador tem que analisar suas condições e formação profissional. É preciso que o trabalhador se torne um profissional, que mude sua abordagem como um todo, que seja pró-ativo e que busque valorizar a si mesmo, através da busca do conhecimento”, disse.

Cursos

Qualquer pessoa interessada, maior de 16 anos, pode se inscrever nos cursos de capacitação profissional, através da realização de cadastro no Sine. Atualmente, está em andamento no Sine de Palmas o curso de Língua Portuguesa e Redação Oficial, mas outros cursos como o de Auxiliar Administrativo, Matemática Financeira, Técnica de Vendas, Operador de Telemarketing, Relações Humanas e Como Falar em Público são frequentemente ofertados, de acordo com a agenda da unidade. (ATN)