Estado

Ainda sem receber o pagamento da data-base, os empregados públicos da Fundação Universidade do Tocantins (Unitins) estarão nesta quarta-feira (11) na Assembleia Legislativa do Tocantins para pedir apoio dos deputados para que o governo faça o pagamento.

Um grupo de empregados públicos da Unitins esteve reunido na manhã desta terça-feira (10) com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (Sisepe), Cleiton Pinheiro, para tratar do assunto.

Na semana passada Cleiton Pinheiro esteve com o reitor da Unitins, Joaber Macedo para cobrar o pagamento da data-base e foi informado que faltava apenas despachar com o governador Sandoval Cardoso, o que acabou não acontecendo até agora.

O Sisepe colocou faixas de protesto na reitoria da Unitins cobrando o pagamento da data-base. “É um descaso a forma como o Governo vem tratando os empregados da Unitins. Eles são os únicos que não receberam pagamento da data-base e com isso ficam com seus salários cada vez mais defasados”, afirma Cleiton Pinheiro.

Depois de conversar com os deputados, os empregados da Unitins voltam a se reunir com o Sisepe para fazer uma avaliação e decidir as próximas ações. Eles não descartam uma paralisação, caso o governo não pague a data-base. 

Por: Redação

Tags: Cleiton Pinheiro, Unitins