Cultura

O grupo pernambucano Peleja estará em Palmas nos dias 7, 8 e 9 de julho, pelo projeto Palco Giratório. Nos dois primeiros dias, os artistas irão ministrar a oficina Iluminação Cênica – Elementos Técnicos, Princípios Poéticos gratuitamente. As inscrições devem ser feitas até o dia 29 de junho, pela internet.

A oficina é destinada a técnicos de iluminação, atores, dançarinos, diretores, coreógrafos, cenógrafos, fotógrafos e cineastas. Os interessados devem mandar um e-mail para teatrosescpalmas@sescto.com.br solicitando a ficha de inscrição. As vagas são limitadas e o curso será nos dias 7 e 8 de julho, das 9h às 13h, no Teatro Sesc Palmas.

A ideia é proporcionar uma compreensão de todo o processo de elaboração e execução da luz de um espetáculo. Na primeira etapa do curso, serão estudados os princípios técnicos e equipamentos necessários para a instalação e o correto funcionamento da iluminação cênica. Esta etapa envolve: apresentação dos equipamentos – refletores, mesa de luz, dimmer – e explicação de seu funcionamento técnico e formas de uso; explanação das diversas formas de afinação e suas possíveis formas de uso.

Já no segundo momento, serão discutidos os elementos da luz que envolvam um entendimento da cena e seus princípios básicos, tais como: contraste, foco, ritmo, transições. 

Peleja

No dia 9 de julho, o grupo apresentará o espetáculo Gaiola de Moscas, às 20h. A comédia tem classificação livre e duração de 50 minutos. Os ingressos custam entre R$ 5 e R$ 10,00 e estarão à venda no dia do espetáculo, uma hora antes do evento.

O texto do espetáculo é adaptado do conto homônimo do escritor moçambicano Mia Couto. Gaiola de Moscas é inspirado na brincadeira popular pernambucana do Cavalo Marinho. A encenação envolve o espectador num universo de precariedade e alegria, onde os personagens sobrevivem entre destroços e sonhos. (Ascom Sesc)

Por: Redação

Tags: Agenda Cultural, Palco Giratório