Polí­cia

Foto: Ascom PM

A Polícia Militar prendeu na noite de terça-feira, 17, na região sul de Palmas, Ivan S. da S., 21 anos, acusado pela prática de homicídio contra um indivíduo ainda não identificado. Por volta das 19h55, todas as viaturas da área foram informadas de que próximo ao Banco do Brasil, em Taquaralto, cerca de cinco homens desceram de um veículo da marca VW, modelo Up, de cor branca e pegaram um homem à força, jogando-o no porta-malas do veículo e saindo logo em seguida. 

Todas as viaturas se empenharam na busca do veículo. Alguns minutos depois, testemunhas informaram via “190” que na Avenida B, Setor Irmã Dulce, dois homens desceram de um veículo e jogaram uma pessoa na via, aparentemente já sem vida. 

Uma guarnição policial se deslocou até o local e verificou que realmente se tratava de um homem já sem vida, com um corte profundo no pescoço, quase decapitado. A Perícia Técnica foi acionada e o corpo da vítima encaminhado ao Instituto Médico Legal de Palmas, para os procedimentos cabíveis. Não sendo possível identificá-lo. 

Já por volta das 22h30, outra guarnição policial conseguiu abordar o veículo suspeito utilizado no rapto. No veículo estava apenas Ivan. Após uma busca minuciosa no veículo, foram encontradas marcas de sangue nos bancos. Questionado, Ivan assumiu que tinha realmente raptado um indivíduo e o assassinado cortando seu pescoço com um facão, que foi encontrado no veículo. 

Segundo o acusado, a motivação do crime foi porque a vítima estava ameaçando tirar sua vida e de sua esposa. Ainda segundo o autor, ele não conhecia a vítima, mas o indivíduo já havia invadido sua casa em uma tentativa de roubo, que foi frustrada após confronto físico. 

Ivan disse ainda que após este fato a vítima vinha passando em frente à sua residência em momentos em que ele não estava e ameaçou sua esposa. O acusado foi levado à 5ª Delegacia de Polícia Civil e autuado em flagrante delito pelo crime de homicídio. A Polícia Civil vai apurar se houve participação de outros indivíduos no crime. Até o fechamento da ocorrência a vítima não havia sido identificada. (Ascom PM)