Campo

Foto: Divulgação

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura e Pecuária (Seagro), iniciou neste último domingo, dia 22, o Curso de Gestão de Apiário em Araguaína, no auditório do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A capacitação se estende até terça-feira, dia 24, e o objetivo é capacitar 25 apicultores da região Norte do Estado.

Segundo a médica veterinária da Seagro, Érika Jardim, através do curso, o produtor conhecerá melhor sobre as etapas de planejamento das atividades, e os conceitos de produtividade, rentabilidade e lucratividade. “É fundamental que o produtor tenha domínio sobre todas as etapas do processo para uma produção mais profissional. Ele precisa atender às exigências do mercado e, ao mesmo tempo, saber o quanto o seu produto deve custar”, afirmou.

Nos dias 26, 27 e 28 deste mês, o Curso de Gestão de Apiário acontecerá em Araguatins, a 601 km de Palmas. Anteriormente, a capacitação foi realizada nos municípios de Gurupi e Porto Nacional. O curso é uma parceria entre Seagro, Fundação Banco do Brasil (FBB), Federação Tocantinense dos Apicultores (Fetoapi) e Sebrae e pretende fortalecer o setor na região.

Panorama

Com mais de 1.300 apicultores, 52 associações, duas cooperativas e uma Federação de Apicultores, o Tocantins mostra bom desenvolvimento da atividade apícola, com o incentivo à produção de qualidade de forma acelerada. Para tanto, o Estado conta com Casas do Mel implantadas nos municípios de Brejinho de Nazaré, Aliança, Crixás, Jaú do Tocantins, Araguaçu, Formoso do Araguaia, Wanderlândia e Nova Olinda e ainda dois entrepostos disponíveis para o beneficiamento do mel nos municípios de Figueirópolis e Colinas.

Segundo a Federação Tocantinense dos Apicultores (Fetoapi), em 2013, foram produzidas no Tocantins 210 toneladas de mel e a expectativa para este ano é dobrar esta produção. A atividade apícola tem baixo custo e pode ser realizada até mesmo em áreas urbanas. (Ascom/Seagro)