Meio Ambiente

Foto: Fernando Alves

Em votação unânime, o Conselho Estadual de Recursos Hídricos (Cerh) aprovou na quarta-feira, 25, a prestação de contas das aplicações do Fundo Estadual de Recursos Hídricos de 2013. Cerca de 20 projetos e ações foram contemplados no exercício em questão, com investimentos que girou em torno de R$ 8,5 milhões.

Para o secretário executivo do Conselho, Aldo Azevedo, o Fundo é um dos principais instrumentos para viabilizar a descentralização da gestão dos recursos hídricos do Estado. “Boa parte dos nossos projetos é no sentido de compartilhar a gestão dos recursos hídricos com a sociedade civil organizada, como no caso dos projetos de recuperação de nascentes e de produção de mudas de plantas nativas. Também estamos investindo na geração de conhecimento científico, apoiando projetos de pesquisa das universidades”, enfatizou.

Azevedo citou ainda o investimento em ações emergenciais, como a construção de 600 barraginhas para contenção de águas da chuva na região sudeste do Tocantins, para atender a demanda produtiva de pequenas propriedades agrícolas no período de estiagem. A contratação de 50 brigadistas, a estruturação dos comitês de bacias hidrográficas e a realização do Rondon Tur Ambiental, também foram listadas como ações contempladas com recursos do Fundo em 2013.

Em abril deste ano o Cerh aprovou o plano de aplicação do Fundo para 2014, com valor aproximado de R$ 8,6 milhões. (Ascom/Semades)