Cultura

Foto: Lucas Nascimento

A historiadora Waltineth Pereira Lima Neves foi designada pela secretária de Estado da Educação e Cultura (Seduc), Adriana Aguiar, a assumir a coordenação do Memorial Coluna Prestes, um dos museus mais importantes do Estado. Ao comemorar os 90 anos da Coluna Prestes, o Memorial que leva o nome do movimento político-militar do início do século XX passa por reestruturação e deve ampliar o atendimento ao público com promoção de programações culturais que vão além da visitação ao acervo.

Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, o Memorial fica na Praça dos Girassóis, em Palmas, e abriga acervo material que retrata a passagem da Coluna pelo interior do Brasil, incluindo o Tocantins. Agora, com nova coordenação, sob orientação da Diretoria de Arte e Cultura, a meta é fazer com que o local seja ainda mais utilizado como centro cultural e artístico da capital.

De acordo com Wal, o primeiro passo será promover a análise da estrutura do Memorial e realização de possíveis ajustes para o funcionamento pleno do espaço. Atualmente, o museu é aberto à visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Uma das propostas é que ele funcione também aos finais de semana, como ocorre no Museu Palacinho, também na Capital.

Ainda segundo a historiadora, uma das metas do museu é intensificar o contato com o meio artístico para a realização de exposições e mostras no local. “Artisticamente, iremos nos articular para aproveitar melhor este espaço que o Memorial oferece”, disse.

Uma das atividades que devem movimentar o espaço é a programação pelos 90 anos da Coluna, celebrados neste ano. “Montamos uma programação bastante completa que foi encaminhada para a aprovação. Uma das ações é fazer um trabalho de articulação junto às escolas para visitas monitoradas dos alunos”, afirmou a coordenadora.

Reestruturação física

O Memorial Coluna Prestes conta ainda com um anfiteatro no subsolo, que atualmente comporta os ensaios da Orquestra Sinfônica dos Girassóis, formada por estudantes de Palmas. O espaço passa por ajustes na parte elétrica e deve receber ainda a instalação de novos equipamentos de ar condicionado. “Queremos que aquele espaço fique à disposição para mostras, saraus, apresentações, pois este é um espaço para todos”, frisou a coordenadora.

Mais de duas mil pessoas já visitaram o Memorial este ano conforme registro no livro de visitas do Museu. Com as mudanças, o objetivo é ampliar a visitação e despertar nos palmenses a prática de visitar os espaços de cultura da cidade. “Para uma visita monitorada basta que os interessados liguem para o museu e agendem o horário”, complementou Wal. 

Currículo

Waltineth Pereira Lima Neves é historiadora formada pela Universidade Federal do Tocantins (UFT) e pós-graduada em gestão pública. No Estado, atua há mais de 15 anos na área cultural, tendo sido vice-presidente da Fundação Cultural do Estado e coordenadora de elaboração de projetos culturais e captação de recursos.

Na Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc), compôs a equipe de organização da Feira Literária Internacional do Tocantins (Flit). Com a experiência em mobilização e organização de eventos, assumiu por dois anos e meio a presidência do Comitê Estadual Organizador dos Jogos Estudantis do Tocantins (Jets). (Ascom Seduc)