Cultura

Foto: Lucas Nascimento Toninho Borges, Adriana Aguiar, Mônica Botelho e Joaquim Guedes discutem parceria para a área cultural Toninho Borges, Adriana Aguiar, Mônica Botelho e Joaquim Guedes discutem parceria para a área cultural

A secretária de Estado da Educação e Cultura, Adriana Aguiar, recebeu nesta terça-feira, 1º de julho, a visita da presidente da Fundação Ormeo Botelho, Mônica Botelho, em Palmas. Com foco em parcerias para novos projetos de cultura para o Tocantins, o encontro contou ainda com a participação do diretor de Relação Institucionais da Celtins, Joaquim Guedes, e do músico e compositor Toninho Borges, nomeado diretor de Arte e Cultura da Seduc. A Fundação Ormeo Botelho é uma entidade mantida pelas empresas do grupo Energisa, controlador de 13 distribuidoras de energia no Brasil, entre elas, a Celtins, no Tocantins.

Durante a reunião, a secretária Adriana apresentou as ações que já fazem parte do projeto de incentivo às artes no Estado e reforçou a importância do apoio para realização de novos projetos que beneficiem a classe artística e fomentem a cultura tocantinense. “Esse é um momento promissor. Vamos fortalecer o diálogo e fomentar o desenvolvimento da cultura do nosso estado”, ressaltou.

De acordo com Mônica Botelho, a fundação busca intermediar as relações entre a empresa, a sociedade e o governo. Para ela, a expectativa é fazer com que projetos culturais que tenham a concepção de geração de renda possam impactar positivamente na vida da comunidade, contribuindo com o desenvolvimento econômico da região. “Esta foi uma visita de cortesia, para mapear as possibilidades de expandir nossa rede de cooperação com o Estado. A nossa intenção é alinhar nossos projetos aos projetos existentes no local”, frisou. (Ascom Seduc)