Meio Ambiente

Foto: Fernando Alves

O Projeto de Gestão Sustentável da microbacia do Rio Providência será discutido nessa quarta-feira, 02, em consulta pública que acontece na Câmara de Miranorte do Tocantins a partir das 19 horas. Na ocasião estarão presentes agentes políticos, produtores rurais, acadêmicos, organizações civis e população em geral de Barrolândia, Miracema e Miranorte.

O objetivo da consulta é apresentar aos interessados um diagnóstico da bacia, englobando fatores ecológicos e a situação socioeconômica. Também será apresentada uma minuta do plano de ações para o desenvolvimento sustentável da bacia. “Será levantado junto à população os problemas e potencialidades dos recursos naturais da bacia, de forma a estabelecer uma base comum de informações e de entendimento sobre a situação”, explica Thiago Oliveira, engenheiro ambiental da Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semades).

Durante o mês de maio, equipe formada por técnicos da Semades e por consultores na área de recursos hídricos fizeram reconhecimento in loco das características da microbacia do Rio Providência. A equipe também realizou levantamento de estudos já existentes sobre a região. O trabalho faz parte do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Tocantins (PDRIS), financiado com recursos do Banco Mundial.

Bacia

A microbacia do Rio Providência está localizada na região Central do Estado, dentro dos municípios de Miracema do Tocantins, Barrolândia e Miranorte, e faz parte da Bacia do Rio Tocantins. Tem sido bastante utilizada na captação de água para irrigação agrícola, principalmente da cultura de abacaxi.

Dessa forma, a qualidade e quantidade de água disponibilizada pelo Rio Providência vêm sofrendo uma alteração nos últimos anos. A implantação de um Projeto de Gestão Sustentável na microbacia visa garantir a manutenção das atividades econômicas e a possível instalação de novos empreendimentos. (Ascom/Semades)

Por: Redação

Tags: Miranorte, Rio Providência, Thiago Oliveira