Saúde

Foto: Divulgação

O Hospital Regional de Augustinópolis passa por reformas desde o mês de junho de 2013 e por causa do seu fechamento as pessoas estão sendo atendidas em locais improvisados. Uma imagem de uma idosa tomando soro na veia, deitada no chão sem a menor condição de atendimento digno circula nas redes sociais. Moradores dizem que com a mudança, as condições de atendimento ficaram piores pela falta de macas e cadeiras para os acompanhantes, entre outros problemas.

O Conexão Tocantins foi atrás do fato e por meio de nota a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), informou que a imagem foi tirada na semana passada, momento que uma idosa chegou no hospital improvisado não havia leitos disponíveis e enquanto se providenciava, a senhora resolveu deitar no chão, momento em que uma pessoa resolveu tirar a foto. Segundo a Sesau, a situação não durou nem 20 minutos até que a senhora fosse colocada em uma maca e a situação resolvida. Segundo a Secretaria, mesmo com número de leitos reduzidos, a situação é atípica.

Ainda segundo a Secretaria da Saúde, a obra no hospital iniciou em junho de 2013 e a reforma da unidade foi necessária para adequação aos ambientes conforme normas vigentes e condições de uso. Segundo a Secretaria, a unidade possuirá 200 novos leitos e passará a contar com procedimento de alta complexidade, UTI, Maternidade assim que a reforma terminar. 

Inauguração

A Secretaria da Saúde acrescentou que a obra teve um investimento de R$ 18,9 milhões. Segundo a pasta, o prazo para inauguração do hospital está previsto para o final do ano. Por conta da reforma, a Sesau explicou que o hospital foi desmembrado em três lugares provisórios.