Campo

Acontece nessa quarta feira, 16, o curso “Conflito Fauna versus Produção – Diagnóstico, manejo e monitoramento de espécies “problema”, na sede do Instituto Natureza do Tocantins – Naturatins. O mesmo está sendo ministrado pelo Instituto Onça Pintada e teve início às 8:30 dessa manhã, e perdurará até o restante do dia, acontecendo também no dia 17 no auditório do órgão. No dia 18, o curso será finalizado com uma visita a uma propriedade rural com histórico recente de ataque de felinos sobre rebanho doméstico.

No curso serão trabalhadas questões como: potenciais animais “problema”, identificação do predador, prejuízo na lavoura, legislação ambiental brasileira, manejo e monitoramento de predadores, contenção física e química de grandes mamíferos, manejo de queixadas, entre outros temas. “A ideia é que as pessoas tenham uma noção geral, sobre o que é um predador e o que o leva a gerar conflito com o pecuarista ou produtor rural, e quais seriam as possíveis soluções para resolver esse conflito e criar uma situação pacífica de convivência entre predador e produtor rural” explicou o Presidente do Instituto Onça Pintada, Leandro Silveira.

O Instituto Onça Pintada foi criado em 2002, mas o trabalho de capacitação e disseminação de informações sobre predadores é realizado por eles há 22 anos. O Instituto possui projetos em todos os biomas brasileiros e tem como missão promover a conservação da onça-pintada, suas presas naturais e seus habitats ao longo de sua área de distribuição, assim como a sua coexistência pacífica com o homem, através de pesquisas e estratégias de conservação. (Ascom Naturatins)

Por: Redação

Tags: Leandro Silveira, Naturatins