Economia

Foto: Da web

O Instituto Fecomércio Tocantins em parceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT) realizou entre os dias 30 de junho e 3 de julho, a pesquisa que mede a “Expectativa de consumo no Dia dos Pais”. O resultado é que mais de 50% das pessoas entrevistadas nos munícipios de Palmas, Gurupi e Araguaína tem a intenção de comprar algum tipo de presente para seus pais, parentes ou cônjuges. Araguaína foi a cidade com o maior índice de intenção de compra, com 63,3%.

Os produtos mais citados pelos entrevistados como possíveis presentes foram: vestuário, calçados e complementos e perfumes e cosméticos. A grande maioria disse ter comprado algo para seus pais no ano passado. O valor em média gasto pela maioria é de R$ 50,01 a 100,00, em ambas os municípios.

Em Palmas, 52,8% disseram ter a intenção de comprar presentes. O local preferido para a aquisição desses produtos é o Shopping Center com 46,1%, já 44,1% preferem o comércio de rua e apenas 5,5% optarão por compras através da internet. 48,6% pretendem pagar com dinheiro em espécie, 31% por meio do cartão de crédito e 12,4% com cartão de débito. Os itens decisivos na hora de escolher a loja para a compra desses presentes são, respectivamente, desconto no preço (38,5%), atendimento (17,3%) e promoção (16,5%).

Nas cidades de interior, as intenções de consumo são maiores. Em Gurupi, 63% das pessoas disseram que irão comprar presentes para seus pais. O comércio de rua foi o principal meio para a aquisição de produtos, 77,9%. A Internet ficou em segundo lugar com 12,5% e 4,8% optaram por outros tipos de locais. 61,8% escolheram o dinheiro em espécie como principal forma de pagamento, seguido de cartão de crédito (22,7%) e crediário (6,8%). Quanto aos atrativos para a escolha do local, 29,6% disseram que estabelecimentos que dão descontos no preço são preferenciais, 25,8% optaram por promoções e 20,5% o atendimento.

Dos entrevistados de Araguaína, 63,3% possuem a intenção de presentear alguém no dia dos pais. Grande parte deles (70,4%) escolheram o comércio de rua como principal localidade para compras, seguido da internet (13,5%) e comércio popular – camelô (8,15). O dinheiro também foi o modo de pagamento mais optado nessa pesquisa com 62,8%. O cartão de crédito e o débito ficaram em segundo e terceiro lugar, 20,9% e 5,9%, respectivamente. Os itens decisivos na hora da compra para os araguainenses são: desconto no preço (32,7%), promoção (28,2%) e atendimento (14%).

No total foram colhidas 1.200 entrevistas, sendo 400 entrevistas por cidade, em locais variados como: shoppings, supermercados, ruas comerciais, estação rodoviária, unidades do Sesc e centros comerciais populares. (Ascom Fecomércio)

Por: Redação

Tags: Fecomércio