Campo

Foto: Divulgação

Com o objetivo de consolidar a integração e parceria entre a Universidade de Aveiro, de Portugal e a Secretaria da Agricultura e Pecuária do Tocantins, o secretário Ruiter Padua se reuniu na tarde desta segunda-feira, 21 em seu gabinete com o pesquisador e professor Amadeu Soares.

O professor já desenvolve a pesquisa no estado do Tocantins há pelo menos dez anos em parceria com a Universidade do Tocantins no Campus de Gurupi, onde estuda áreas como: conservação da natureza, setor produtivo agrícola e piscicultura. Segundo Soares há grande interesse por parte da Universidade de Aveiro em estabelecer parcerias com a Seagro no que diz respeito a pesquisa nas áreas de piscicultura e florestas plantadas. “Há muito campo para pesquisa nessas duas grandes áreas aqui no Tocantins, e a Universidade de Aveiro deve formar dentro de pouco tempo os primeiros doutores tocantinenses em Biologia e Ecologia das Alterações Globais, temas que são sempre de interesse do estado do Tocantins, então buscamos essa integração e parceria com a Seagro inclusive para oferecer futuramente capacitação e formação para os técnicos e também trocar conhecimentos na área agrícola”, explicou Soares.

O secretário da Agricultura e Pecuária, Ruiter Pádua disse que a Seagro está à disposição para estabelecer parceria, para isso solicitou da área técnica de projetos um estudo da viabilidade de atividades e a elaboração juntamente com a Universidade de Aveiro de um Termo de Cooperação Técnica especificando as áreas, e responsabilidades de cada instituição. “Nos colocamos à disposição, pois entendemos que é necessário pensar políticas públicas e melhorias para o agricultor e a agricultura sempre em conformidade com o que as universidades têm tido por meio das suas pesquisas, assim os resultado será mais concreto ao final”, explicou Padua.

O secretário também apresentou ao pesquisador os projetos que o governo do Tocantins tem desenvolvido nas áreas de irrigação e áreas de florestas plantadas com seringueiras e eucaliptos, e entregou uma pesquisa que mostra o potencial do Tocantins na área da piscicultura.

O pesquisador Amadeu Soares lembrou ao secretário que a intenção da instituição a qual representa é de somar forças e não em substituir o trabalho, que já é de destaque, que as demais universidades do estado e do país já têm desenvolvido no Tocantins em termos de pesquisas na área agrícola. (Ascom/Seagro)