Educação

Foto: Divulgação

O Tocantins alcançou a média de 28,2 alunos por computador nas escolas públicas da Educação Básica conforme dados do Censo Escolar 2013 tabulados pela Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) Todos Pela Educação (TPE). O índice do Tocantins é mais positivo do que a média brasileira, que foi de 34,3 alunos. O Tocantins também se destaca quando se analisa o acesso a banda larga nas escolas públicas, entre outros dados relacionados à internet e novas tecnologias nas unidades de ensino.

No quesito “alunos por computador”, onde o Tocantins aparece com 28,2 estudantes por equipamento nas escolas públicas da Educação Básica, o índice do Estado é um dos melhores do País, empatando apenas com o Mato Grosso do Sul e ficando atrás somente daqueles que compõem a região Sul do Brasil.

Os dados tabulados pela organização Todos Pela Educação apontou, ainda, que, em 2013, a média de unidades públicas da Educação Básica no Tocantins que ofertavam acesso a banda larga era de 52,5%, ou seja, 11,8 pontos percentuais acima da média nacional. Considerando apenas o Ensino Médio público tocantinense, este total sobiu para 79,9%.

Em relação à porcentagem de escolas públicas da Educação Básica com acesso à internet, o Tocantins alcançou o índice de 58,1%, que representa 7,8 pontos percentuais acima da média brasileira. Focado apenas no Ensino Médio público do Tocantins, o estado totalizou 89,4% de unidades escolares com acesso à internet.

Democratizando o acesso

De acordo com o secretário executivo da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc), Joneidson Lustosa, os bons resultados do Tocantins também são reflexos da política de promoção da democratização do acesso às tecnologias, praticada pelo governo do Estado na rede estadual de ensino. “Os números, bastante positivos para o estado do Tocantins, são fruto da iniciativa desta gestão, que disponibilizou um grande aparato tecnológico para as escolas. Isto propiciou ao estado universalizar o acesso ao computador por todos os alunos, tanto com a aquisição de 76 mil laptops educacionais quanto com a implantação de novos laboratórios de informática em unidades que ainda não possuíam estes equipamentos”, destaca o educador.

Em relação ao acesso à internet de banda larga, ainda segundo o secretário executivo da Seduc, um programa governamental foi essencial para se alcançar números positivos no levantamento do Ministério da Educação (MEC). “O acesso à internet foi desenvolvido dentro do programa Tocantins Conectado, com a oferta da DSL [tecnologia de transmissão digital de dados via telefone] para todas as unidades urbanas que necessitavam e ainda não tinha a banda larga do MEC. No caso das escolas rurais, algumas foram atendidas por internet via rádio e outras, via satélite. Em um espaço curto de tempo, vamos conseguir universalizar a oferta de banda larga também; o governo, por meio da Seduc, busca realizar isto no menor prazo possível, talvez já no próximo ano”, explica Joneidson.

Índices educacionais

Para Lustosa, os investimentos feitos na área de tecnologia educacional já apresentam resultados positivos nos índices educacionais tocantinenses. “Os reflexos disto nós podemos observar nos indicadores educacionais do estado. Se pegarmos o Ideb, que é o principal indicador, ele demonstra que desde esta implantação o Tocantins vem crescendo nestes indicadores. A partir destes investimentos feitos ao longo destes três anos e meio, o Tocantins pôde alcançar estes patamares bastante importantes em relação ao uso dos equipamentos; e a expectativa é que ele continue a crescer com os investimentos feitos na área de tecnologia educacional”, destaca.

Publicação completa

Os dados publicados foram extraídos dos levantamentos realizados pelo MEC por meio do Censo da Educação Básica de 2013. As informações numéricas referentes a todas as regiões e os estados do País estão disponibilizadas podendo ser acessadas a partir do link Todos Pela Educação.

Síntese dos dados

. Número de alunos por computador:

- Tocantins: 28,2

- Brasil: 34,3

- Norte: 48,1

- Nordeste: 41,9

- Centro-Oeste: 30

- Sudeste: 35,3

- Sul: 20,6

. Porcentagem de escolas da Educação Básica com acesso a banda larga:

- Tocantins: 52,5% [Ensino Médio: 79,9%]

- Brasil: 40,7%

- Norte: 17,1%

- Nordeste: 23,3%

- Centro-Oeste: 65,4%

- Sudeste: 64,3%

- Sul: 63,6%

. Porcentagem de escolas da Educação Básica com acesso à internet:

- Tocantins: 58,1% [Ensino Médio: 89,4%]

- Brasil: 50,3%

- Norte: 24,8%

- Nordeste: 30,6%

- Centro-Oeste: 79,6%

- Sudeste: 74,6%

- Sul: 79,2%