Polí­tica

Foto: Divulgação

Candidata à reeleição, a deputada Professora Dorinha (Democratas/TO) vem fazendo dobradinhas com vários candidatos a deputados estaduais de diferentes partidos da base governista nestas eleições de 2014. “Como sou da base do Governo, posso firmar diferentes acordos. É sempre bom e necessário que haja um entendimento, porque precisamos olhar para o que é melhor para o Estado”, disse Dorinha.

A parlamentar citou que têm firmado parcerias com vários candidatos a um cargo na Assembleia Legislativa, e que conta com a adesão de vários prefeitos, mas ressaltou que seu trabalho vem sendo feito, principalmente, pelo apoio dos trabalhadores da educação e estudantes. “Sempre me mantive perto da minha base, que é a educação, e essas parcerias visam esse fortalecimento”, disse.

Dorinha citou como seu ponto forte a sua vida dedicada à educação. “Foram quase 10 anos à frente da Secretaria Estadual de Educação e acredito que esses quatro anos na Câmara dos Deputados foram bastante produtivos”, disse.

A deputada fez parte de momentos importantes para a educação brasileira, dentre eles, a aprovação do Plano Nacional de Educação, que conta com emendas importantes de sua autoria que aumentam o investimento na educação pública e valorizam a carreira docente. Essa emenda eleva o investimento de R$ 9 bilhões para mais de R$ 46 bilhões. Somente para o Tocantins, haverá um aumento de R$ 1 bilhão anual para ser investido na educação.

Além disso, a parlamentar conseguiu destinar mais de R$, 200 milhões para várias cidades tocantinenses investirem na educação com construção de escolas, creches, quadras de esporte, equipamentos e transporte escolar.

Também há projetos de lei importantes de autoria da Professora Dorinha, a exemplo do que estende a estudantes de pós-graduação a concessão de bolsas do Programa Universidade para Todos (Prouni), educadores assistentes nas salas de aula, readequação do cálculo do Salário-Educação e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), correta implantação do Piso do Magistério, valorização dos profissionais da educação básica e transporte universitário. Este último já está em vigor.