Palmas

Foto: Divulgação

A partir da próxima segunda-feira, 11, os universitários, trabalhadores e frequentadores do Shopping Capim Dourado e da Praia da Graciosa terão à disposição novos horários de ônibus, com menos tempo de espera nos pontos. É que haverá a fusão das linhas 09 e 12, que passará a ser numerada como 09. 

A fusão das linhas possibilitou o aumento de 76 novos horários, sendo 96 de segunda a sexta, 65 aos sábados e aos  domingos, 35 totalizando, 196 novos horários para beneficiar os alunos da Universidade Federal do Tocantins (UFT), antes eram 120. De acordo com estudos realizados, a nova planilha aponta uma redução no tempo de espera em 100% nos horários de pico, entre 07h15 e 08 horas, quando os intervalos serão de 5 em 5 minutos.

A solicitação partiu de estudantes da UFT e consumidores do Capim Dourado. Para atendê-la, a  Secretaria Municipal de Acessibilidade, Mobilidade e Transporte  promoveu um estudo e concluiu que de fato existia um conflito no que se referia à lotação dos veículos. Na nova planilha, de acordo com o estudo, e para atender as solicitações, houve a necessidade de promover a fusão das duas linhas.

Lotação 

A frequência diária de usuários no itinerário Bela Palmas, Basa e JK das linhas 09 e 12 é de 19.574 usuários, sendo 19.155 da linha 09 e 409 linha 12, o que estava gerando um desconforto.  

Para o secretário, Christian Zini, a fusão das linhas vai também eliminar os conflitos existentes. “O levantamento apontou que muitos usuários utilizavam a linha 09 destino UFT, mas desembarcavam nas imediações do Shopping, desagradando os universitários por causa da lotação”, disse Zini.          

De acordo com o presidente do Diretório Central de Estudantes da UFT (DCE), Vanicleisson Carajá, a ampliação dos horários vem trazer mais conforto para os universitários e acabar com a lotação dos ônibus. “Também vai possibilitar aos estudantes se planejarem para outras tarefas extracurriculares, como sair para o almoço e ainda escolher o horário sabendo que o ônibus vai estar mais vazio”, disse Carajá. (Secom Palmas)