Estado

Foto: Divulgação

Após realizar vistoria no Hospital Geral de Palmas e se reunir com a equipe médica e representantes da Secretaria Estadual de Saúde no início da semana para apurar denúncias de falta de materiais para realização de cirurgias, a Promotora de Justiça Ceres Gonzaga de Rezende Caminha, da 19ª Promotoria de Justiça de Palmas, se reuniu nesta terça-feira, 05, com o Secretário Estadual de Saúde, Luiz Antônio da Silva Ferreira, médicos e técnicos da pasta a fim de discutir a regularização no fornecimento de materiais básicos para os procedimentos cirúrgicos.

No encontro realizado na sede da Secretaria Estadual da Saúde, Ferreira se comprometeu em receber a lista dos materiais necessários para regularizar o atendimento no centro cirúrgico e em adquirir os produtos, de forma emergencial, uma vez que caracterizada a urgência da situação, inclusive com risco de vida para vários pacientes que se encontram internados. Os produtos suprirão a demanda por 180 dias.

Ainda de acordo com o secretário, neste período serão agilizados os processos licitatórios para garantir o abastecimento regular de materiais e insumos no maior hospital público do Estado. Nesta quarta-feira, 06, representantes da secretaria se reuniram com as três empresas que fornecem materiais usados na realização de cirurgias cardíacas a fim de retomar o fornecimento. Por falta de materiais não estão sendo realizadas cirurgias cardíacas, ortopédicas, neurocirurgia, além de outros procedimentos. O secretário garantiu o imediato atendimento das demandas. (Ascom/MPE)