Polí­tica

Foto: Divulgação

A última quinta-feira, 21, foi um dia intenso de reuniões para a organização da 1ª Sabatina das Centrais Sindicais com os candidatos a governador do Tocantins. A Sabatina é uma iniciativa das seguintes Centrais Sindicais com sede no Tocantins: Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Nova Central Sindical dos Trabalhadores no Tocantins (NCST-TO) e União Sindicalista dos Trabalhadores (UST). O evento está marcado para o dia 15 de setembro, às 19h30, no auditório do Centro Educacional São Francisco de Assis, em Palmas.

No período da manhã da última quinta, a Comissão Organizadora esteve com os Sindicatos e Associações que vão participar do evento, esclareceu dúvidas e apresentou o regulamento. As entidades de classe já confirmaram participação e estão preparando as pautas de reivindicações para apresentar aos candidatos ao Governo. A temática da sabatina será restrita às propostas e compromissos para as diversas categorias de servidores públicos estaduais e o objetivo é reunir o maior número de entidades representativas para levar as reivindicações da categoria e ouvir dos candidatos os compromissos com os servidores públicos.

A participação é gratuita e em virtude da capacidade do auditório, as vagas são limitadas. Cada entidade de classe poderá levar um número específico de participantes, ressaltando apenas que o prazo de adesão das entidades encerra no próximo dia 29 de agosto.

Cleiton Pinheiro, presidente da NCST no Tocantins, explica que a ideia da organização é reunir o maior número de servidores públicos possível para acompanhar a Sabatina. “Como o local tem uma capacidade limitada, nós estamos tendo a preocupação de disponibilizar toda uma estrutura do lado de fora, em frente ao Colégio, com telões, cadeiras e tudo o que for necessário para aqueles que se interessarem em acompanhar a Sabatina, em tempo real”, contou. Além disso, a organização também tem um blog no qual serão divulgadas todas as notícias do evento. “Nosso intuito é conhecer os compromissos dos candidatos e tornar público todos eles para que o servidor tenha condições de escolher o candidato que mais lhe atenda”, ressaltou.

Para o presidente da CTB, Antonildo Alexandre, este é “um momento ímpar, pois poderemos conhecer as propostas dos candidatos para as nossas categorias e também vamos levar nossas reivindicações, nossas necessidades”.

Já Luciano Lucas, presidente da UST, enfatiza a responsabilidade das Centrais. “É nossa responsabilidade integrar todos os sindicatos e associações nessa discussão, no sentido de assegurar os compromissos desses candidatos, com as nossas categorias”.

O blog da Sabatina é http://sabatinadascentrais.blogspot.com.br/.

Participação dos candidatos

Durante o período da tarde, a Comissão Organizadora se reuniu com os representantes dos candidatos a Governador. Todas as coligações foram convidadas e, inclusive, confirmaram presença. No entanto, somente três candidatos enviaram representantes. São eles: Ataídes Oliveira (PROS), Carlos Potengy (PCB) e Marcelo Miranda (PMDB).

Na ocasião, foi tratado sobre o regulamento da sabatina. Entre outras situações, o regulamento prevê o número de assessores que o candidato poderá levar, o tempo de duração das respostas, o formato da Sabatina, o prazo para entrega do Termo de Compromisso de Participação, além de algumas proibições como, por exemplo, não é permitido que os candidatos façam uso das imagens e áudios da Sabatina durante o horário eleitoral gratuito.

Mesmo com as ausências, a Equipe de Organização encaminhou por e-mail, todas as deliberações da reunião desta quinta para as assessorias dos candidatos Eula Angelim (PSOL), Luiz Cláudio (PRTB) e Sandoval Cardoso (SD). (Assessoria de Imprensa do Evento)