Educação

Foto: Divulgação

A sala de aula da Escola Estadual Vale do Sol esteve lotada, no último sábado, 23 de crianças e adolescentes da região Sul de Palmas. Direcionados pelo músico Marcio Bello, do grupo Tambores do Tocantins, os estudantes aprenderam a confeccionar e a tocar instrumentos de percussão tradicionais, como o caxambu, fuxico e xequerê, feitos de cerâmica, pele de animal e cabaça.

De iniciativa do ponto de cultura A Barraca Cia Experimental de Artes, por meio do projeto Cultura de Paz, as atividades acontecerão por três meses, todos os sábados, na sede da escola, de 8 ao meio-dia. Além de aprender a confeccionar os seus próprios instrumentos, os estudantes ainda participaram de exercícios de percussão corporal, como forma de iniciação para a atividade de percussão.

Professor da oficina de percussão, Marcio Bello aponta que a primeira aula mostrou que muito pode ser feito através do projeto. “Passo a passo seguimos levando a cultura em todos os cantos com todos os toques e ritmos. Estou muito feliz com o resultado da primeira aula e vamos aprender muito mais. Eles vão ganhar mais habilidade para esse trabalho e vão se tornar independente para que possam multiplicar o que estão aprendendo aqui e multiplicar para a sua comunidade”, expressa o artista.

Aluno do projeto há dois anos, Natália Rodrigues já fez teatro, dança e música com A Barraca e acredita que a sua história mudou, desde então. “Eu era muito tímida e as aulas me ajudaram a ser mais sociável. Sem falar que hoje eu gosto mais de cultura e também aprendi a cuidar mais do trânsito da minha cidade”, afirma. Presidente do ponto de cultura, Magna Carneiro, fala da importância da arte aliada à educação. “O objetivo é firmar valores. Trabalhamos com temas como o trânsito e queremos que eles repassem essa ideia para a sua comunidade”, ressalta.

Teatro

Além das aulas de percussão, A Barraca oferece também aulas de teatro gratuitas para as crianças da região, ministradas pelo palhaço e ator Magno Alves, da dupla Batatinha e Cocada. As turmas de teatro são oferecidas, de segunda e quarta, das 8 às 11 horas, também na Escola Estadual Vale do Sol. As inscrições, para ambas as modalidades de curso, já estão abertas na coordenação do colégio no período da manhã ou pelo telefone. As oficinas culminarão na montagem de um espetáculo de teatro com a temática educação para o trânsito.

O projeto foi contemplado pelo edital de redes de ponto de cultura, do Programa Cultura Viva do Ministério da Cultura, por meio da parceria com a Prefeitura Municipal, via Fundação Cultural de Palmas (FCP).

Instituição

A Barraca Cia Experimental de Artes foi criada em 2002 e surgiu da necessidade de um grupo de artistas em fomentar a cultura de modo geral, mais precisamente a arte-educação voltadas para o atendimento a crianças, adolescentes e jovens com a temática da educação para o trânsito. O grupo é formado pelas atrizes e arte-educadoras Magna Carneiro, Cleuda Milhomem, Poliana Alves, Leidiane Martins, e pela jornalista e cantora Cinthia Abreu.

Por: Cinthia Gomes (colaboração)

Tags: Márcio Bello, Natalia Rodrigues, Tambores do Tocantins