Esporte

Foto: Valério Zelaya

A apresentação de toda a logística para a realização dos Jogos Mundiais Indígenas foi a pauta de café da manhã realizado nesta quarta-feira, 03, entre o secretário Municipal Extraordinário dos Jogos Indígenas (Seji), Hector Valente Franco, e órgãos de imprensa. 

Na oportunidade, Hector Valente falou do lançamento oficial dos Jogos, previsto para o dia 29 de setembro, quando será apresentada a marca dos Jogos Mundiais em Palmas, a mascote, teaser, dentre outros.

O secretário também apresentou a estrutura da Pasta, que está envolvida no planejamento, promoção, execução, além de representar Palmas em todas as ações relacionadas ao evento, que tem a previsão de ser realizado em junho e setembro de 2015. 

De acordo com o secretário, o montante a ser investido na infraestrutura e realização do evento deverá ficar em torno de R$ 160 milhões. “Estimamos esse valor e é claro que parte desses recursos é do Governo Federal, tendo uma contrapartida nossa e também estamos captando parcerias e patrocínios para custear os Jogos”, ressaltou. 

Para os Jogos Indígenas são esperados 22 etnias, 30 países e dois mil atletas, sendo um evento de repercussão internacional para envolver a comunidade palmense diretamente, e, segundo Hector Valente, será realizada uma série de pré-eventos. 

Com relação às estruturas que deverão permanecer após os Jogos e que ficarão como legado para a Capital, o secretário citou o Museu Indígena, que será criado; o centro de excelência esportivo em atletismo e futebol; e o estádio de baseball – que sediará futuros eventos.

Quanto às obras, Hector Valente disse que a concepção artística do evento já existe e que os projetos para execução das obras estão em andamento, devendo ser finalizados em novembro. “Sabemos do prazo e estamos trabalhando intensamente para que seja cumprido dentro do que foi concebido”, enfatizou.