Esporte

Foto: Marcus Mesquita

Nesta sexta-feira, 5, tem início a edição 2014 dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) em Londrina, Paraná. O Tocantins será representado por 62 alunos atletas, que competem nas modalidades individuais, categoria 12 a 14 anos. Na noite de ontem, a delegação do Estado participou da cerimônia de abertura da competição, realizada no Ginásio Moringão.

Pela primeira vez nos JEJ, Matheus Christiano Santiago de Morais foi o porta-bandeira da delegação tocantinense. Segundo ele, a participação no evento de abertura serviu de estímulo para ir em busca de medalhas na competição. “Ter sido o escolhido para entrar com a bandeira foi inesperado e me deixou muito feliz. Eu vou fazer de tudo para dar a mesma felicidade para todo mundo na minha prova; eu vou me dedicar ao máximo para conseguir uma medalha para o Tocantins”, frisou o corredor da prova de 1.000 metros.

Layanne Souza Miranda dos Santos também é estreante nos Jogos. Ela afirmou estar empolgada com o clima da competição e toda a nova experiência que está vivenciando. “É muito emocionante tudo isto aqui. Eu nunca tinha participado de um evento tão grande e vou guardar para o resto da minha vida o que estou vivendo aqui”, disse a aluna-atleta do tênis de mesa.

Após a abertura dos JEJ, as competições já começam nesta sexta-feira e seguem até a próxima segunda-feira, 8. Os estudantes do Tocantins disputam medalhas no atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, natação, tênis de mesa e xadrez.

Para o coordenador de Desporto Educacional da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc) e chefe da delegação tocantinense, Carlos Ricardo dos Santos, o Tocantins tem boas chances de chegar ao pódio. Mas ele ressalta que, além do bom resultado nas competições, os alunos também vão sair ganhando nos quesitos cultural e social. “Esta categoria permite que todos os estados cheguem aqui em um nível semelhante, pois todos os alunos são atletas iniciantes. Por isto, acredito que vamos competir em igualdade e temos chance de sermos campeões em algumas modalidades. Mas, independente disto, vir competir aqui já é uma vitória para os alunos; todos terão um ganho esportivo, cultural e social maravilhoso a partir do intercâmbio que viverão nos próximos dias”, ressaltou.

Ao todo, estão inscritos nos JEJ cerca de 4 mil alunos-atletas, reunindo 1.351 escolas de todo o Brasil, novo recorde de participação da competição. (Ascom Seduc)