Polí­cia

Durante um assalto ocorrido por volta das 21h40 de sábado, dia 6, em uma panificadora na Quadra 206 Sul, em Palmas-TO, o assaltante Wesley P. da S.foi morto e o seu comparsa, Lucas da S. L., foi preso no local com vários objetos roubados.

A Polícia Militar foi acionada por um dos proprietários do estabelecimento comercial, que reagiu ao assalto e alvejou o assaltante, que o mantinha encurralado com sua esposa no banheiro da padaria, exigindo dinheiro e com a arma apontada para eles dizendo que iria matá-los. Sem ter outra alternativa, o comerciante conseguiu sacar a arma que estava portando e efetuou de três a quatro disparos na região do abdômen e da perna do assaltante, em seguida se trancou no banheiro e ligou para o 190 solicitando apoio da PM.

Quando a guarnição da PM chegou ao local, o proprietário da padaria apresentou uma pistola calibre 380 modelo PT 738 da Taurus, registrada em seu nome, com dois carregadores com capacidade para seis munições e sete munições intactas, bem como o revólver calibre 38 marca Taurus, que foi utilizado pelo assaltante.

 Após perceber que Wesley não tinha mais sinais vitais, os PMs acionaram o Samu para atestar o óbito e logo em seguida a Polícia Científica. As testemunhas que estavam no local, entre a esposa do proprietário, funcionárias e clientes, informaram que o local havia sido invadido por dois elementos, sendo que Wesley partiu em direção aos proprietários, enquanto Lucas rendeu as demais pessoas, subtraindo-lhes dinheiro e ocelular de um dos clientes. Mas ao ouvir os disparos de arma efetuados em seu comparsa, ele acabou fugindo.

Durante os trabalhos policiais, um dos policiais suspeitou de um  indivíduo que observava de longe, no meio da aglomeração de curiosos, e após uma entrevista com o mesmo, foi constatado que Lucas estava com três celulares no bolso, um deles era o que havia sido roubado do cliente, e que o mesmo ainda havia ligado deste celular para o seu comparsa morto. Ele ainda havia estacionado sua moto em uma esquina um pouco distante e escondido o capacete.

Após confessar a participação no crime, Lucas recebeu voz de prisão e foi apresentado a autoridade policial, com três aparelhos celulares; um chip avulso da operadora Claro; um capacete Taurus cor lilás; uma mochila de cor verde; R$ 1.354 reais em dinheiro, uma balança de precisão, um par de óculos de sol e quatro relógios femininos, todos de marca, e que o mesmo confirmou ter  frutado e ou roubado junto com Wesley em várias quadras da capital.

Duas pessoas presas 

Rodrigues P. de S., de 27 anos, e Felipis de A. R., de 19 anos, foram presos na madrugada deste sábado, no Setor Aureny III, em Palmas-TO. No veículo em que eles estavam os policiais militares do 6º Batalhão apreenderam 12 pedras de crack, uma porção de maconha, uma arma de fogo tipo revólver e R$ 240,00 em dinheiro.

O fato aconteceu por volta das 5h da madrugada, durante uma abordagem e busca pessoal de rotina da Polícia Militar. Após averiguação da vida pregressa feita no Siop foi constatado que o Rodrigues Santana  tinha um mandado de prisão em aberto. Em seguida, ambos foram juntamente com o veículo e os materiais apreendidos conduzidos ao 4º DP para devidas providências. (Ascom PM)

Por: Redação

Tags: Polícia, Polícia Militar