Campo

Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária (Seagro), está desenvolvendo estudo para ordenar e organizar a criação de peixes em tanque rede no lago do Projeto Manoel Alves, criando assim um Parque Aquícola. O objetivo do parque é gerar emprego e renda para quem já trabalha e vive na região.

O coordenador de Fomento à Aquicultura da Seagro, Alexandre Godinho, conta que o Parque Aquícola Manuel Alves poderá ter a capacidade de produção em torno de mil toneladas e que cerca de 20 famílias poderão trabalhar no local. “O Parque Aquícola visa aproveitar o lago com a piscicultura e, com isso, haverá geração de emprego e renda, fixação do produtor na região e diversificação da atividade produtiva”, destaca.

Godinho afirma que o Estado tem condições naturais muito favoráveis para criação de peixe, pois há recursos hídricos com boa qualidade, temperaturas altas - que favorecem a produção de peixes tropicais -, tem um regime de chuvas bastante conhecido e uma topografia plana. “As condições naturais são muito favoráveis para criação de peixes, que pode ser em tanque rede, viveiros, açudes ou pequenas barragens”, acrescenta.

Produção no Tocantins

A produção de pescado no Tocantins, oriunda da piscicultura, foi de 12 mil toneladas/ano em 2013. A previsão para 2014 é de 15 mil toneladas/ano. De acordo com o Boletim Estatístico da Pesca e Aquicultura 2011, o Tocantins está em 15º lugar na produção da aquicultura continental. As principais espécies produzidas são tambaqui, caranha, piau, matrinxã, surubim e pirarucu. (ATN)