Polí­tica

Foto: Divulgação

O jurídico da coligação "A mudança que a gente vê” solicitou à Polícia Federal a abertura de inquérito policial com a finalidade de apurar crimes eleitorais. A denúncia é devido à circulação de panfletos apócrifos (sem identificação) na qual são atribuídos ao candidato à reeleição ao governo do Tocantins, Sandoval Cardoso (SD), o fato ocorrido na cidade de Piracanjuba/GO, que resultou na prisão de 4 pessoas.

O panfleto também troca o número do candidato de 77 para 67. Além de cópias do papel encontradas em cidades do interior o material está circulando em redes sociais e no WhatsApp.

A coligação pede a busca e apreensão dos panfletos e também a prisão dos envolvidos na confecção e distribuição do material. 

Por: Redação

Tags: Polícia Federal, Sandoval Cardoso, Whatsapp