Turismo & Lazer

Foto: Emerson Silva

Participando desde o dia 24 da ABAV-Expo Internacional do Turismo, em São Paulo,que vai até dia 28, o Tocantins faz parte da constelação dos 26 estados brasileiros expondo seus atrativos turísticos para empresários nacionais e internacionais. Na cesta de produtos novos, a Agência de Desenvolvimento Turístico do Tocantins (Adtur) promove a implantação de dois novos produtos: o Arvorismo no Cantão e o Projeto de Turismo de Base Comunitária nos povoados Prata e Mumbuca, no Jalapão.

Em fase de implantação, vão beneficiar comunidades quilombolas e outras que vivem em culturas tradicionais e sem perspectivas. Como diversificação dos esportes aéreos, o arvorismo é pioneiro no estado e o Turismo de Base Comunitária dará oportunidades de crescimento econômico a mais de 200 famílias, que estão estruturando-se para receber visitantes em suas casas e proporcionarão um contato direto de suas vivências para os visitantes.

A presidente da Adtur, Adriana Ramos, acredita no impulso que o setor terá e vê com otimismo os dois projetos, “modernos e dentro de uma nova visão de turismo”, diz. O turismo responde por 9% do PIB mundial e a importância da área foi destacada pelo diretor executivo da Organização Mundial do Turismo (OMT), o brasileiro Márcio Favilla, segundo o qual a área responde por 9% do PIB mundial sendo responsável por 1 em cada 11 empregos gerados no  mundo. O setor representa US$ 1,4 trilhão das exportações de bens e serviços do planeta.

Valorização

Nesta semana de estudos, promoções e contatos proporcionados pela realização da  ABAV-Expo Internacional do Turismo, em São Paulo,  o agente de viagens é tido como o maior fomentador do peso do setor na cadeia econômica do turismo, como afirmou o presidente da ABAV nacional, Antonio Azevedo,  endossado pelo ministro do Turismo, Vinicius Lages, em solenidade no estande do Ministério do Turismo (MTur), nesta semana onde o assunto é tratado como categoria cinco estrelas entre os profissionais de serviços turísticos, autoridades e trade.

De acordo com o ministro do Turismo, nos últimos doze anos foram investidos mais de R$ 8,5 bilhões em acesso, implantação de centros de atendimento ao turista, sinalização e construção de centros de convenções. 

Atualmente são mais de 4,2 mil obras em andamento.

Lages também afirmou que o governo pode fazer mais e anunciou a criação de um novo programa de investimentos em infraestrutura, unindo as obras aos serviços turísticos, que deve ser implantado ainda este ano. (Ascom Adtur)

Por: Redação

Tags: Adriana Ramos, Adtur