Meio Ambiente

Foto: Divulgação

Por causa dos muitos problemas causados por árvores próximas às redes elétricas, a Celtins alerta a população para procurar informações antes de escolher a árvore que vai plantar. A primeira e mais importantes destas informações é saber como a pequena mudinha escolhida vai ficar quando crescer e onde ela vai ser plantada. A recomendação da distribuidora é que a planta não passe de seis metros de altura quando adulta, pois a partir deste tamanho fica muito perto dos fios elétricos.

“O problema fica ainda mais sério nesta época de chuva e vento forte, pois os galhos caem sobre as redes de energia e, além de ser perigoso, interrompe o fornecimento de energia”, alerta Marcelo Camilo, Coordenador da Celtins em Araguaína. Mas há muitos outros detalhes que devem ser observados.

Espécies conhecidas

Outra orientação é que a espécie seja nativa da região, já adaptada ao solo e regime de chuvas. É importante observar, também, que a copa da árvore tenha tamanho e forma concentrados, para facilitar a poda. Recomenda-se espécies frutíferas silvestres, para atrair a alimentar pássaros. “Deve-se evitar plantar árvores que dão frutos comerciais porque algumas pessoas podem querer subir na árvore ou usar varas para retirar as frutas, podendo haver o contato com a rede elétrica”, lembra Marcelo.

Distância

A árvore precisa ser plantada em um espaço planejado, distante, pelo menos, dois metros de alguma construção, um metro de postes e dois metros da rede de energia elétrica. Para não atrapalhar o trânsito das pessoas, o ideal é que a copa tenha pelo menos dois metros e meio de altura em relação à calçada.

Crime ambiental

Destruir, danificar, lesar ou maltratar plantas em logradouros públicos ou áreas particulares é crime ambiental (Lei 9.605/1998). A responsabilidade pela arborização urbana é das prefeituras e as podas só podem ser feitas por pessoas capacitadas e com a autorização do poder público. Mas, se os galhos estiverem próximos da rede elétrica, equipes da Celtins estão à disposição para o serviço, que deve ser agendado pelo 0800 721 3330 ou pessoalmente na agência de atendimento.

Por: Redação

Tags: Arborização, Celtins, Marcelo Camilo