Polí­cia

Policiais Civis da 1ª Delegacia de Gurupi, comandados pelo delegado, Fabio Augusto Simon cumpriram, na manhã desta última quinta-feira, 09, mandado de prisão preventiva em desfavor de Alessandra A. V. V., 32 anos. Ela é suspeita pela prática do crime de tortura e foi presa às 09h30min, na Avenida Mato Grosso entre ruas 20 e 21, centro daquela cidade.

Conforme informações do delegado, a referida senhora é proprietária de uma creche denominada “Carinho de Mãe” a qual é localizada no centro de Gurupi, e estaria sendo investigada, desde o mês de setembro do corrente ano, devido a fortes indícios que apontavam que ela estaria cometendo maus tratos contra crianças, que estariam matriculadas naquele estabelecimento, sob a guarda da mesma.

A prisão da suspeita foi requerida pelo delegado Fábio Simon sendo deferida de imediato pelo Poder Judiciário, visando resguardar os direitos das crianças, bem como zelar pela proteção e segurança das mesmas. A autoridade policial sugeriu também ao Ministério Público, por intermédio da Vara da Criança e do Adolescente de Gurupi, que fosse suspenso o funcionamento, da referida creche, até a conclusão do inquérito policial a fim de que a verdade dos fatos seja esclarecida.

Durante todo o dia, os investigadores do 1º DP realizaram oitivas e acareações, que adentram a noite, entre a investigada e pais das supostas vítimas. Nesta sexta-feira, os trabalhos policiais continuaram e novas testemunhas foram ouvidas no inquérito policial. Alessandra encontra-se recolhida a disposição do Poder Judiciário. (Ascom SSP)