Estado

Foto: Divulgação

O defensor público Felipe Fernandes Magalhães definiu o sentimento da sua posse na DPE/TO – Defensoria Pública do Estado do Tocantins como a "realização de um sonho". Marcada por emoção, descontração e homenagens, a cerimônia aconteceu na manhã desta sexta-feira, 17, na sala do Conselho Superior, com a presença de familiares, Defensores Públicos e Servidores.

Após o juramento da profissão, Magalhães proferiu discurso alegando que, desde o tempo de universitário, já almejava ser defensor público. “Percebi que precisava fazer algo pelas pessoas carentes, por um povo que sofre sem nem ter a escolha de não sofrer”, proferiu. Ainda de acordo com o novo Defensor, a satisfação em ser empossado no Tocantins tornou esse sonho ainda mais completo. “Deus foi além, não me permitiu apenas ser um Defensor Público, mas também ingressar em uma das melhores e bem-estruturadas Defensorias Públicas do Brasil. Não só na maneira como trata os seus Membros, mas principalmente na forma que cuida da população do Tocantins”, alegou.

O presidente da ADPETO - Associação dos Defensores Públicos do Estado do Tocantins, o defensor público Fábio Monteiro, deu as boas-vindas ao novo Defensor, parabenizando-o pela aprovação para o cargo. “Foi um concurso muito querido, muito batalhado por todos nós da Instituição. Acompanhei desde o início da abertura do certame e sei que foi um processo extremamente difícil e, acima de tudo, transcorreu dentro de uma lisura impressionante”, destacou Monteiro.

O presidente da ADPETO destacou ainda sobre o avanço da DPE/TO que, para ele, está totalmente consolidada no Tocantins e respeitada em todo o País. “Vossa excelência ingressa em uma instituição diferente da que eu, em 2007, ingressei. Hoje temos uma instituição forte, atuante e respeitada e tenho a certeza de que vossa excelência dará a sua parcela de contribuição na defesa da população carente”, disse, acrescentando que a Associação está de portas abertas para receber o novo defensor.

Perfil

Natural de Salvador/BA, Felipe Fernandes de Magalhães formou-se em Direito pela Universidade Católica do Salvador, no ano de 2011. Estagiou no Patronatro de Presos e Egressos da Bahia, no Escritório de Advocacia Jorge e Gomez, no Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, na Defensoria Pública do Estado da Bahia, bem como no Escritório Modelo da Universidade Católica do Salvador. Pós Graduado em Direito do Estado (Direito Público) pelo Instituto de Educação Superior – UNYAHNA. Exerceu a Advocacia por um ano. Foi aprovado no concurso do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (cargo de analista), do Tribunal Regional do Trabalho 5ª Região (cargo de analista) e da Defensoria Pública do Tocantins. Assume como Defensor Público substituto em Ananás e Wanderlândia. (Ascom Defensoria)