Palmas

Foto: Antonio Gonçalves

A Sincronização dos Semáforos para sequências de sinal verde nos cruzamentos, associada ao respeito ao limite de velocidade da via ajudam a fluidez do trânsito na Avenida Teotônio Segurado, impedindo os veículos de pararem em todos os sinais. Esse é o alerta da Secretaria Municipal de Acessibilidade, Mobilidade, Trânsito e Transporte, que também anuncia que os semáforos da via não funcionaram mais intermitentes da 0 às 5 horas da manhã.

A sincronização funciona na Teotônio Segurado nos cruzamentos entres a LO-01 até a LO-27. E para que o motorista possa aproveitar os benefícios do sincronismo dos semáforos deve manter uma velocidade média de 65 km/h e, assim, encontrará todos os sinais abertos. De acordo com o gerente de Sinalização e Manutenção Semafórica, Zuilton Chagas, a manutenção dos equipamentos é feita periodicamente para que o sincronismo aconteça.

O gerente orienta que o condutor não deve ir além do limite de velocidade permitido para a via, que é de 70 km/h, imaginando que ganhará mais tempo durante o percurso, pois ficará parado no cruzamento esperando o sinal verde. “O motorista não precisa ir além da velocidade regulamentada da via, achando que assim ganhará mais tempo, pois perderá tempo nos cruzamentos esperando o sinal abrir. Já se permanecer a uma velocidade média entre 63 e 67 km/h, encontrará todos os sinais verdes e livres para a passagem”, assegurou Chagas.

A sincronização verde associada a uma velocidade média de 65 km/h melhora a fluidez do trânsito em Palmas, como ainda, ajuda na economicidade de combustível, uma vez que o motorista não precisará parar nos cruzamentos.

Fim do sinal intermitente

A partir desta semana, os semáforos da Teotônio Segurado não funcionarão mais intermitentemente, da 0 às 5 horas, passando a funcionar normalmente. A mudança é atendendo a Resolução nº 483 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a qual determina que nas vias com velocidade regulamentada acima de 60 km/h não deve se utilizar a sinalização semafórica operando em amarelo intermitente em nenhum horário. A justificativa do Contran é que o risco de acidentes é maior quando em vias com velocidade acima de 60 km/h o semáforo funciona intermitentemente, mesmo em horários com menor fluxo.