Ciência & Tecnologia

Foto: Nasa Cometa Siding Spring Cometa Siding Spring

Astrônomos de todo o mundo terão um dia agitado no próximo domingo (19). O cometa Siding Spring passará "raspando" a 140 mil quilômetros do planeta Marte. A distância é menos da metade daquela que existe entre a Terra e a Lua.

Mesmo que o fenômeno aconteça bem longe daqui, satélites, telescópios, sondas e, principalmente, os robôs que andam sobre o planeta vermelho conseguirão captar detalhes dessa passagem e vão ajudar os astrônomos nas pesquisas espaciais.

De acordo com a agência espacial norte-americana, a Nasa, a aproximação máxima do cometa deve ocorrer por volta das 15h27 no dia 19 de outubro. Para acompanhar a atividade, a agência vai publicar fotos do acontecimento em tempo real no linkhttp://mars.nasa.gov/comets/sidingspring/.

A Nasa teve uma preocupação especial com o acontecimento. Devido à proximidade do cometa, o mesmo pode levantar poeira e emitir gases capazes de danificar os robôs (Curiosity e Opportunity) que estão no solo de Marte. Por isso, a agência realocou os equipamentos para o outro lado do planeta. (EBC)

Por: Redação

Tags: Agência Brasil, Nasa