Estado

Foto: Angélica Mendonça

Com investimento de R$ 879.749,15, o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), vai ampliar, adequar e reformar as dependências do Serviço de Verificação de Óbitos (SVO), que funciona no prédio do Instituto Médico Legal (IML), em Palmas. O contrato com a empresa responsável pela realização do serviço já foi assinado.

De acordo com o médico patologista e responsável técnico do SVO, Arthur Carvalho, os serviços que serão realizados nas dependências do órgão são de fundamental importância para favorecer uma atuação mais qualificada dos profissionais e a resolução das demandas.

“Essa ampliação contempla uma melhoria de alojamento para técnicos de necropsia, alojamento para motoristas, uma recepção para o SVO; também melhora as salas onde são realizados os exames necroscópicos. Hoje contamos com duas mesas de necropsia e agora vai aumentar para cinco mesas. Vamos ampliar nossa capacidade de trabalho e melhorar a qualidade dos exames necroscópicos”, destacou.

Ainda segundo Carvalho, o SVO também desempenha papel importante na elaboração de estratégias públicas de saúde e sanitárias. “A identificação da causa básica da morte é importante porque, a partir da causa, são feitas estatísticas, que são entregues aos gestores e servem de referência para elaboração de políticas públicas, que visam à reversão do quadro da causa morte”, disse.

O engenheiro civil e fiscal de obras da Sesau, Flávio André Alves, também destacou a importância da ampliação do prédio IML para o SVO. “Será ampliado um total de 320,9 m², assim, a unidade passa a ter ambientes como serviço social, recepção, diretoria, administração, sala de reunião, copa, alojamentos masculinos e femininos. Hoje, a área existente do prédio é de 700,2 m², agora teremos mais de mil m² construídos, o que representam um avanço muito grande”, apontou.

Atuação

O Serviço de Verificação de Óbitos – SVO atua na avaliação da causa da morte natural, desconhecida ou duvidosa, com o objetivo de, por meio de exames necrológicos, fornecer elucidação diagnóstica e informações complementares para o serviço de epidemiologia e políticas de saúde pública em geral.

Diferente do Instituto Médico Legal, que obrigatoriamente recebe casos de óbitos não naturais para exames necroscópicos e é integrado à Secretaria de Segurança Pública, o Serviço de Verificação de Óbitos está ligado à Secretaria de Saúde. (ATN)