Economia

Foto: Imagem ilustrativa/da web

O Instituto Fecomércio e a Universidade Federal do Tocantins realizaram entre os dias 14 e 16 de outubro, um levantamento de dados para a pesquisa intitulada “Sondagem Dia das Crianças 2014”. No total foram entrevistadas 62 empresas de Palmas, em sua maioria que vendem brinquedos, vestuários e calçados (principais presentes apontados pelos consumidores na pesquisa que mediu a expectativa de vendas para esta data). 39,7% dos entrevistados apontaram aumento nas vendas, já 29,3% consideram igual o volume de vendas e 31% disse ter tido queda.

Dentre os entrevistados que obtiveram incremento em suas vendas, a maioria (39,1%) disse que o aumento foi de até 5%. A forma de pagamento mais usual foi o dinheiro em espécie (44,8%) e 44,8% disseram que o gasto médio feito pelo seu cliente foi de até R,00.

As promoções foram uma das apostas dos empresários na hora de atrair o cliente, segundo a pesquisa, 71,9% responderam que fizeram promoções nesta data comemorativa. Desse total, 47,7% disseram que deram descontos especiais, 27,3% realizaram sorteios e 15,9% fizeram ofertas especiais. Mais da metade (55,2%) dos donos das empresas também investiu em algum tipo de ação publicitária. Com relação ao estoque, 44,8% consideram que o seu estoque estava igual ao ano passado.

Para o presidente do Sistema Fecomércio, Itelvino Pisoni, os dados revelam que o momento é de cautela. “Os empresários devem levar em consideração esses dados, já pensando nas compras de final de ano, porque a ressaca pós-eleição deixará muitos consumidores inseguros e com isso, as vendas saem prejudicadas. Os empresários devem investir em promoções e em um bom atendimento para garantir esse incremento nas vendas”, explicou. (Ascom Fecomércio)

Por: Redação

Tags: Fecomércio, Itelvino Pisoni