Estado

Foto: Divulgação

Foi publicada no Diário de Justiça nº 3460, a Portaria nº 3742, de quinta-feira (30/10), que determina às Comarcas de 3ª Entrância do Estado do Tocantins a digitalização integral de seu acervo físico ainda remanescente. A determinação segue uma das metas da Gestão 2013/2015 do TJTO, que busca dinamizar e acelerar a migração do acervo físico para o meio digital.

Conforme a Portaria, as comarcas que possuem acervo físico superior a mil processos poderão receber o auxílio do Núcleo de Apoio às Comarcas -Nacom, para concluir a digitalização. O prazo final para digitalização e inserção no sistema e-Proc/TJTO, fixado pela Portaria, é de 31 de janeiro de 2015.

São 15 as Comarcas de 3ª Entrância do Tocantins (Xambioá, Araguaína, Araguatins, Arraias, Colinas, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Miracema, Palmas, Paraíso, Pedro Afonso, Porto Nacional, Taguatinga e Tocantinópolis.).  Destas, Dianópolis, Arraias e Taguatinga já estão 100% digitais.

Para a presidente do TJTO, desembargadora Ângela Prudente, os trabalhos de digitalização em todo o Tocantins estão bastante adiantados. "A soma do esforço de magistrados e servidores tem sido fundamental para o sucesso deste trabalho”, ressaltou.

A Portaria nº 3742 pode ser conferida na íntegra através do link:http://wwa.tjto.jus.br/diario/diariopublicado/2277.pdf

1ª e 2ª Entrância

Todas as Comarcas de 1ª Entrância do Tocantins já estão atuando de maneira 100% digital. Já as de 2ª Entrância estão em fase avançada e devem concluir os processos de digitalização nos próximos dias. (Ascom TJ)

Por: Redação

Tags: Tribunal de Justiça, Ângela Prudente