Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado do PR, José Bonifácio deixou claro em entrevista ao Conexão Tocantins nesta quinta-feira, 6, que será candidato á presidência da Assembleia Legislativa mesmo sem o apoio do grupo do governador eleito Marcelo Miranda (PMDB). “ Vou ser candidato com certeza mesmo que seja um candidato avulso”, frisou.

Questionado se está articulando a preferência do governador eleito, o qual apoiou na campanha deste ano, ele disse que não. “Não é da minha índole ficar esperando pelos outros”, disse.

O deputado adiantou algumas pretensões caso consiga ser eleito na disputa. “ Vou fazer a construção do anexo, aumentar os gabinetes dos deputados porque hoje não cabem nem cinco pessoas nos gabinetes e os atuais juntar dois para fazer um”, frisou.

Bonifácio falou ainda da necessidade de pagar a dívida da URV dos Servidores da Casa de leis, que já se arrasta há anos. “Vou garantir todas as prerrogativas dos deputados federais para os estaduais e administrar com democracia e não com alinhamento”, disse. Dentre os benefícios cogitados por Bonifácio está o plano de saúde para os parlamentares.

Sobre os novos rumos do Estado o parlamentar demonstrou preocupação. “ Sinceramente não sei como vai ser a partir do próximo ano. O Estado está totalmente quebrado, a Saúde com problemas, a Educação deixa a desejar. Espero que o Estado tenha ajuda da presidente Dilma para conseguir passar por esse momento”, disse.

Do grupo do governador eleito outros nomes já manifestaram interesse assim como os futuros oposicionistas porém as articulações serão afuniladas apenas em janeiro quando assumir o novo governo. A eleição será realizada em fevereiro.